Mãe viraliza ao ensinar consentimento ao filho e que ninguém pode tocá-lo sem permissão

Mãe ensina consentimento
Professora compartilha dicas para ensinar as crianças a terem autonomia sobre o próprio corpo (Reprodução/@once.upon.a.mama/TikTok)

Uma mãe estadunidense viralizou no TikTok ao publicar vídeos mostrando como ela ensina o conceito de consentimento ao filho, para que ele aprenda desde pequeno a respeitar as vontades das outras pessoas e não deixar que outros toquem o corpo dele sem permissão. Para isso, Alissa, que tem mais de 200 mil seguidores na plataforma, conversa com o filho enquanto tira as roupinha, troca fraldas e faz outras atividades cotidianas, sempre pedindo permissão para tocar nele ou perguntando se o pequeno quer fazer algo sozinho.

Ao trocar as fraldas do filho, Alissa lista algumas atitudes que ela toma para ensinar autonomia corporal para o filho. “Crianças pequenas e bebês não conseguem consentir para trocas de fralda, mas elas precisam ser feitas como uma tarefa necessária. Então, eu interajo com o meu filho e explico o que eu estou fazendo enquanto eu faço, para que ele pelo menos se sinta parte do processo”, escreve ela. No vídeo, ela aparece descrevendo à criança os passos da troca de fraldas.

“O objetivo é fazer com que ele se sinta envolvido e não se sinta um observador passivo enquanto seu corpo é manipulado. Eu quero estar construindo a base para a autonomia corporal dele e para as relações consensuais no decorrer da vida”, completa. Ainda no vídeo, Alissa, que também é professora, lista algumas dicas para que os pais usem a técnica com seus filhos:

  1. Explique o que você está fazendo enquanto está fazendo.
  2. Interaja com eles por meio de conversas, músicas, perguntas, etc.
  3. Se eles contestarem ou resistirem:
    • Explique por que você precisa trocar a fralda deles e por que é uma tarefa necessária. Faça a tarefa
    • Dê a eles uma escolha estruturada: “Você gostaria de se trocar agora ou daqui a dois minutos?”. Eles se sentem empoderados em relação ao seus corpos e as tarefas necessárias são feitas.

Em outro vídeo, a professora aparece modelando o conceito de consentimento em outras atividades cotidianas do filho. “Ei, hora de trocar de roupa, você quer fazer sozinho?”, “você precisa de ajuda para se vestir?”, “percebi que você está precisando pentear o cabelo, posso pentear para você?”, “sua blusa está presa na sua cueca, posso consertar para você?” e “posso te dar um abraço?” são algumas das perguntas que Alissa faz ao filho, respeitando suas respostas.

Nos comentários, vários internautas elogiam as técnicas da mãe e dizem que vão aplicá-las com seus próprios filhos. “Eu queria que meus pais tivessem me criado assim. Consentimento e limites são coisas muito importantes”, comentou uma usuária. “Este é o tipo de mãe que eu quero ser”, “crianças exercendo sua autonomia dentro de limites saudáveis são menos prováveis de exercer a autonomia de maneiras perigosas”, comentaram outros internautas.

Edição: Roberth Costa
Sofia Leão
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

OLHO NA DICA PARA ECONOMIZAR

Na sede do BHAZ, economizamos todos os meses na conta de energia por meio de uma operação regulamentada pela ANEEL e ainda desconhecida por muitos consumidores. E o melhor: não tivemos nenhum custo extra para ter acesso a esse desconto. Por isso, damos esta dica para quem mora em qualquer cidade de Minas Gerais.

Sua conta de luz pode ficar até 15% mais barata com a Metha Energia. Faça agora seu cadastro, é 100% DIGITAL e GRATUITO. Clique no botão abaixo e simule direto seu desconto mensal. Caso queira saber mais sobre a tecnologia, leia este conteúdo que explica em detalhes a operação.

Comentários