Menina de 6 anos reproduz fotos de jornalistas negras com cabelo afro que a inspiram

basilia-rodrigues-e-mariana-santos
Basilia Rodrigues é uma das jornalistas que inspiraram Mariana Santos (Reprodução/@marriianasantoss/Instagram)

A representatividade para mulheres e homens negros vem se revelando cada vez mais relevante para a construção de uma sociedade menos opressora do ponto de vista das pessoas vítimas de racismo estrutural. A pequena Mariana Santos, de 6 anos, já entende a importância de se ver representada em locais, antes, pouco habitados por pessoas com quem ela poderia se identificar. Ela passou a reproduzir em seu Instagram fotos de mulheres que a inspiram. Com a ajuda da mãe, Mariadjania dos Santos, elas recriam imagens de jornalistas brasileiras que se orgulham de seus cabelos crespos.

Mariana Santos, que mora no Guarujá, SP, também tem o cabelo crespo, já sofreu racismo na escola e não gostava nem de seus fios e nem de sua cor. Segundo a mãe conta ao BHAZ, reproduzir fotos de personalidades negras que têm o cabelo parecido com o da filha foi uma alternativa para que a pequena começasse a aceitar e gostar da própria aparência.

“Eu descobri que ela não se aceitava nem com o cabelo dela, nem com a cor, aí eu procurei uma psicóloga. Então no ano passado, com o início da pandemia, eu estava sem fazer muita coisa, aí eu falei ‘vou fuçar o Instagram’. Nisso, eu descobri a Luana Safire e vi que o trabalho dela era de empoderar crianças para começarem a se amar”.

Mariana vira embaixadora

Mariadjania dos Santos diz que o trabalho da influenciadora, que está por trás da revista Ébano, a inspirou a ajudar na autoestima da filha. Hoje, a pequena é embaixadora cultural da revista e embaixadora da “Ana Curiosa”, perfil voltado para crianças negras.

Nesse meio tempo, a mãe de Mariana viu que o trabalho das jornalistas negras com cabelo afro poderia inspirar a filha ainda mais. “As repórteres negras com o cabelo afro me inspiraram a mostrar para a Mariana que ela pode conseguir o que ela quiser independente da cor dela e do cabelo”, afirma Mariadjania.

Em uma das reproduções, Mariana homenageou a analista de política da CNN Brasil Basilia Rodrigues. A pequena tirou a foto na mesma pose, usando acessórios parecidos e com o efeito preto e branco. “Mulher negra, resistência, jornalista que ajuda abrir caminhos para outros. Inspiração de menininhas negras como eu”, escreveu a mãe na legenda.

Jornalista compartilha a homenagem

A jornalista chegou a compartilhar a homenagem em suas redes sociais, e destacou que Mariana Santos é uma inspiração. “Com cabelo solto, terço no pescoço e olhando fixamente para a câmera, ela reproduz uma imagem minha. Menina, você que é inspiração. Onde há uma mulher preta, há muita responsabilidade, não importa a idade”, escreveu.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Basilia Rodrigues (@basiliarodriguesoficial)

De acordo com Mariadjania dos Santos, a filha acompanha o trabalho e o dia a dia das jornalistas que reproduz, e as profissionais fazem contato com a pequena. “As repórteres mandam áudio para ela, ela responde, é um carinho enorme, para mim é gratificante”.

Mãe inspira filha

Ela vê a representatividade das mulheres negras no jornalismo como uma influência positiva para Mariana Santos, que foi adotada por Mariadjania quando tinha 1 ano e 2 meses. Quando perguntada se ela se sentia uma influência positiva para a filha, a cabeleireira de 48 anos disse que a pequena puxou sua personalidade, mesmo não tendo o mesmo sangue.

“Ela se defende, ela não aceita desaforo. Se falar da cor dela e do cabelo dela, ela não aceita, e ela puxou isso de mim”, afirma a Mariadjania. Isso com certeza facilita a dinâmica de mãe e filha no momento de escolher as mulheres para reproduzir as fotos. “Ela ama tirar as fotos. Eu pesquiso sobre a repórter, e ela fica interessada e mais feliz ainda pela repórter ter o cabelo e a cor iguais aos dela”.

Andreza Miranda
Andreza Mirandaandreza.miranda@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários