Após perder perna em acidente, mineira pede ajuda para comprar prótese

Janaina
Janaína perdeu a perna direita em acidente na estrada (Janaína Andreza/Arquivo pessoal)

Uma viagem dos sonhos virou um pesadelo na vida de Janaína. Moradora de Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte, ela perdeu uma das pernas após um acidente de ônibus em Petrópolis (RJ), em um “bate-volta” para conhecer a praia pela primeira vez. Hoje, a mulher batalha para ter uma prótese que custa R$ 20 mil para voltar a exercer atividades do cotidiano. Para arrecadar o dinheiro, ela iniciou uma vaquinha há quase um ano e continua em busca da meta.

“Eu preciso da prótese para poder caminhar e minha vida voltar ao normal. Eu ando de muleta e de cadeiras de rodas, tem minha tia que me ajuda com alguns afazeres da casa porque nem tudo eu consigo fazer sozinha. A prótese vai me ajudar a trazer mais alegria pra mim, a ser mais ativa e me adaptar mais como eu era antes, fazer as minhas coisas, porque nem sempre a gente pode depender das pessoas” conta ao BHAZ Janaína Andreza de Souza Silva, 33.

O acidente ocorreu em outubro de 2019, na serra de Petrópolis, no Rio Janeiro, quando Janaína ia para a capital fluminense. A mulher estava junto com o marido, que também não conhecia a praia, e alguns amigos. O ônibus perdeu o freio e saiu da pista.

Segundo Janaína, a perna direita dela foi esmagada do joelho para baixo por uma poltrona. Ela foi a última a conseguir sair do veículo e enquanto aguardava o resgaste viu que os ossos estavam todos moídos e a carne toda para fora. “Não tinha como reconstruir, fazer nada. Comecei a sentir muita dor e pedi pra Deus ter misericórdia da minha vida”, relata.

“No dia que levaram meu esposo pro hospital, eu fui para outro, tiveram que dividir o ônibus. Meu esposo não sabia se eu estava viva. Eu tive uma parada cardíaca no local do acidente, fiquei em coma durante três dias e depois minha perna foi amputada quando fui intubada. O médico falou que meu estado era muito crítico”, relata.

“Como era um bate-volta, a gente não tinha levado dinheiro, nem roupa, era final de mês, a gente tava meio apertado. Depois da tragédia, nossos amigos fizeram vaquinha, mandavam dinheiro pra gente. Nós precisávamos de roupa, sabonete pra tomar banho, creme de cabelo”, diz.

De volta para casa, ela continuou contando com a ajuda de muitas pessoas. Em junho de 2020, um médico mencionou a prótese e informou o valor. Depois da consulta, o marido criou uma vaquinha para tentar ajudar a esposa.

‘Incapaz’

Janaína explica que a prótese custa R$ 20 mil. Desde junho, ela conseguiu arrecadar pouco mais de R$ 5 mil, com a contribuição de mais de 63 pessoas. “Nós mesmos não temos condição de comprar a prótese, nós moramos de aluguel, tem pessoas que às vezes ajudam a gente com cesta básica, produto de limpeza”, relata.

A mineira ainda diz que a prótese pode oferecer mais independência para ela. “Eu sempre fui uma pessoa muito ativa, trabalho, afazeres da casa, casamento, igreja, e de uma hora pra outra isso mudou para mim. Eu tenho meus altos e baixos, tem vez que eu tô super bem, mas tem vezes que tem as crises”, conta.

“Eu faço fisioterapia, tratamento psiquiátrico, como remédio para depressão porque eu tive depressão depois do acidente, eu tive insônia, as imagens do acidente mexem muito comigo, algumas coisas relacionadas do acidente mexem muito comigo, tenho síndrome do pânico”, revela.

“Tem dia que eu tô muito alegre, tô muito feliz, agradeço muito a Deus por estar feliz, por estar viva, mas tem aquele momento que a gente tem aquela recaída, baixa o choro, uma ‘deprê’, você se acha uma inútil, você se sente muito para baixo, você se acha feia, você acha que você é incapaz nas coisas”, conta.

Vamos ajudar?

Janaína tem fé que ainda vai conseguir o valor da prótese. “Nessa pandemia, a gente sabe que nem todo mundo tem condição agora, a gente sabe que tá difícil para muitas pessoas, mas nada é impossível pra Deus”, diz.

Para ajudar, clique aqui para acessar a vaquinha criada por ela na internet.

Informações:

  • Janaína: (31) 996414276
  • Lucas (marido): (31) 995553993

CAIXA [Janaína Andreza de Souza Gomes]:

  • CPF: 36354070890 [Não tem PIX]
  • Agência: 1022
  • Operação: 013
  • Conta [Poupança]: 00286548-8
Edição: Roberth Costa

Comentários