Andamos na versão intermediária Advance do Nissan Versa

Amplo espaço interno para ocupantes e bagagens, com um dos maiores porta-malas da categoria; pacote de segurança que inclui seis airbags e controles de tração e estabilidade, linhas modernas e equilibradas, itens de conforto como controle automático de velocidade, assistente de partida e alerta de objetos no banco traseiro e bom nível de acabamento interno. Esses são os principais atrativos do sedã da Nissan na versão que avaliamos, a intermediária Advance, equipada com o motor 1.6 16V, que tem um desempenho apenas razoável, e câmbio automático do tipo CVT, que tem funcionamento suave e recursos como a tecla Sport, que melhora um pouco a performance.

Foto: Eduardo Aquino

Um dos principais pontos positivos do Versa é o seu visual. Modernas e elegantes, as linhas da atual geração em nada lembram as do sedã anterior, que eram criticadas por muitos como ultrapassadas, sem equilíbrio e sem personalidade.

Visual renovado

E o novo sedã não está apenas mais bonito. Segundo a Nissan, a carroceria está mais rígida e reforçada em relação a geração anterior, especialmente nas colunas B, teto e na área onde as portas dianteiras são fixadas, abaixo das colunas A.

Leia mais: Teste da Toro Volcano Turbo

Foto: Eduardo Aquino

Na frente, se destacam a grade em forma de “V” na cor preta e moldurada por um elemento cromado e por outro em preto brilhante; os faróis em LED e o para-choque, com ressaltos laterais que completam o equilíbrio do conjunto.

Curvatura do teto

De perfil, o modelo chama a atenção pelo desenho mais esportivo das rodas de liga de 16 polegadas, as colunas na cor preta, a curvatura do teto com a traseira quase em fastback, a linha de cintura alta e as maçanetas e capas dos retrovisores na cor da carroceria.

Leia mais: Chevrolet Onix Premier Turbo

Foto: Eduardo Aquino

O estilo da traseira mistura elegância e esportividade, com bonitas lanternas escurecidas em LED, que têm desenho do tipo “ponta de flecha”; e para-choque usado como elemento de estilo para “elevar” a altura do carro.

Elegante

Com bom nível de acabamento, misturando tons de cinza no painel e no revestimento em tecido dos bancos e detalhes em plástico imitando cromado, o interior do Versa na versão Advance cria um ambiente elegante.

Leia mais: Hyundai lança novo Creta

Foto: Eduardo Aquino

A geração atual preservou um dos principais pontos positivos do sedã anterior: o amplo espaço interno: cinco adultos viajam com conforto, principalmente com espaço para as pernas dos ocupantes do banco traseiro; e no porta-malas cabem 482 litros.

Base achatada

De base achatada e com boa pega, o volante é multifuncional, abrigando comandos do sistema de áudio, telefone, computador de bordo e comando de voz. A coluna de direção regula em distância e altura e ajuda a encontrar uma boa posição de dirigir.

Leia mais: Teste do Ford Bronco Sport

Foto: Eduardo Aquino

O novo sistema multimídia Nissan Connect tem tela de sete polegadas e compatível com os aplicativos Android Auto e Apple CarPlay, assistência de voz para ler mensagens e atualizações de software e do aplicativo do GPS via Wi-Fi.

Comandos ergonômicos

O quadro de instrumentos proporciona boa visualização, misturando mostradores analógicos e digitais configuráveis; e os comandos em geral estão bem posicionados, facilitando ergonomicamente o acesso do motorista.

Um equipamento importante do Versa é o alerta de objetos no banco traseiro, que, por meio de três toques curtos de buzina e uma mensagem no painel, ajuda o motorista a não esquecer nada lá quando ele chega ao seu destino.

Leia mais: Jeep Commander

Foto: Eduardo Aquino

O pacote de segurança também é destaque, incluindo seis airbags, controles de tração es estabilidade, sistema Isofix para fixar cadeiras infantis, câmera de ré e sensores de estacionamento traseiro, que ajudam bastante nas manobras.

Facilidades

Entre os itens de conforto para o motorista, estão o controle automático de velocidade, que alivia o trabalho em estradas de pista dupla e longas retas; assistente de partida em rampa, acendimento automático dos faróis e a chave presencial.

Leia mais: Ranger Black passada a limpo

Foto: Eduardo Aquino

Com pouca força em baixas rotações, o motor 1.6 16V tem desempenho apenas razoável, tanto nas acelerações como nas retomadas de velocidade. As reações melhoram um pouco quando se usa o modo Sport do câmbio CVT.

Desempenho razoável

Com etanol no tanque, apenas o motorista, ar desligado, o computador de bordo registrou médias um pouco abaixo de 7,0km/l na cidade e de cerca de 11km/l na estrada, rodando em ritmo normal, sem pisar muito.

Leia mais: O aventureiro Jeep Wrangler Rubicon

Foto: Eduardo Aquino

O câmbio CVT (o mesmo do novo Kicks) foi melhorado em relação ao da geração anterior e, e além da tecla Sport, conta com a função “D-Step”, que melhora a sensação de aceleração com a simulação de trocas de marchas em alta rotação.

Boa calibragem

A assistência elétrica da direção está bem calibrada. O sistema facilita bastante o trabalho do motorista nas manobras em vagas mais apertas e transmite segurança quando se roda em alta velocidade e precisa fazer uma manobra de urgência.

A suspensão consegue equilibrar bem conforto e estabilidade. Mesmo sem um desempenho esportivo, pode-se abusar um pouco nas curvas mais fechadas. Destaque para o baixo nível de ruído do conjunto. Aliás, destaque para o silêncio a bordo.

Texto e fotos: Eduardo Aquino

Foto: Eduardo Aquino

Ficha Técnica

Motor – Dianteiro, quatro cilindros em linha, 1.598cm³ de cilindrada, 16 Válvulas, que gera potência de 114cv (gasolina/etanol) a 5.600rpm e torque de 15,5kgfm (gasolina/etanol) a 4.000rpm

Transmissão – Tração dianteira e câmbio automático do tipo CVT

Direção – Assistência elétrica

Suspensão – Dianteira, independente, do tipo McPherson; e traseira, eixo de torção

Dimensões – Comprimento, 4,49m; largura, 1,74m; altura, 1,46m; e entre-eixos, 2,62m

Freios – Discos ventilados na dianteira; e tambores na traseira

Rodas e pneus – Rodas de liga de 16 polegadas, calçadas com pneus 205/55 R16

Porta-malas – 482 litros

Carga útil (passageiros+bagagens) – 522 quilos

Tanque – 41 litros

Peso (em ordem de marcha) – 1.122 quilos

Foto: Eduardo Aquino

Principais equipamentos – Seis airbags (frontais, laterais e de cortina), acendimento inteligente dos faróis, banco traseiro bipartido rebatível (60/40), painel central multifuncional em TFT de sete polegadas com 12 funções, rodas de liga leve de 16 polegadas, câmera traseira de estacionamento, faróis de neblina, alerta de objetos no banco traseiro (Rear Door Alert), central multimídia com tela sensível ao toque colorida de sete polegadas (Apple CarPlay, Android Auto, Bluetooth, compatível com aplicativo Nissan Smart Phone), ar-condicionado, comandos de áudio e telefone no volante, chave presencial, painel central com tela de 3,5 polegadas, controles de tração e estabilidade, sistema Isofix para fixar cadeiras infantis, sensor de estacionamento traseiro, assistente de partida em rampa e controle automático de velocidade.

Preços – R$ 99.490. Com pintura metálica, R$ 101.090.

Acelera Ai
Acelera Airedacao@aceleraai.com.br

Jornalistas Eduardo Aquino e Luís Otávio Pires são os editores do site Acelera Aí e da seção veículos do portal Bhaz

Comentários