Aluguel de bicicletas volta à Lagoa da Pampulha amanhã; veja regras

Bicicletas na Lagoa da Pampulha
Serviço segue em horário restrito e com menos bicicletas (Unimed-BH/Divulgação)

Com a retomada das atividades em Belo Horizonte e a suspensão das restrições de circulação na cidade, o projeto Bike BH volta a oferecer aluguel de bicicletas compartilhadas na Lagoa da Pampulha a partir deste sábado (24). As 14 estações no local funcionarão nos mesmos moldes de antes da suspensão. Os organizadores reforçam que a população continue seguindo as recomendações de saúde para evitar o avanço da Covid-19 na capital.

A partir de amanhã, as estações com as bicicletas disponíveis funcionarão de segunda a domingo, das 8h às 18h, com número de bicicletas reduzido em 50%. De acordo com a Unimed-BH, patrocinadora do projeto, o objetivo é contribuir para o distanciamento entre os usuários na hora da retirada e da devolução. Os equipamentos receberam sinalizações que, além das recomendações de uso, também reforçam as dicas sobre higiene pessoal e importância do distanciamento social.

Os organizadores do projeto recomendam as seguintes orientações: “utilize a máscara ao chegar na estação e durante todo o passeio. Antes de subir na bicicleta, limpe o guidão e demais áreas que possam ter contato com o corpo com álcool em gel ou líquido 70%. Ao terminar a viagem, lembre-se de higienizar as mãos com álcool em gel. Evite tocar olhos, boca e nariz durante e após o passeio”.

Como usar

Para utilizar as bicicletas compartilhadas na orla da Lagoa da Pampulha é preciso baixar o aplicativo Bike BH, fazer o cadastro, escolher a forma de pagamento, retirar a bicicleta e após o passeio devolvê-la em qualquer estação livre. O aplicativo Bike BH está disponível no sistema Android e iOS.  A organização destaca que os usuários que tinham adquirido passes de bike antes da suspensão, determinada a partir de 13 de março, terão seu período de utilização estendido.

Edição: Roberth Costa
Sofia Leão
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde 2019 e graduanda em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Participou de reportagens premiadas pelo Prêmio Cláudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados, pela CDL/BH e pelo Prêmio Sebrae de Jornalismo em 2021.

Comentários