Avó e neta quase se afogam e são salvas por bombeiros durante enchente na Grande BH

Rua após enchente
Rua ainda estava sendo liberada na manhã desta terça após a enchente (Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Uma mulher de 54 anos e sua neta, uma criança de 4, foram resgatadas depois de quase se afogarem em uma enchente provocada por uma chuva torrencial de granizo, nessa segunda-feira (27), em Ribeirão das Neves, na Grande BH. Um dos bombeiros que salvou as vítimas chegou a ter um princípio de hipotermia ao tentar ultrapassar uma barreira de gelo.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma guarnição de bombeiros estava em direção ao Centro da cidade para atender a uma ocorrência de queda de motociclista em BH. Durante o trajeto, ao passar pela avenida Robson Eustáquio da Silva, várias pessoas gritaram e pediram que os bombeiros salvassem a mulher e a criança.

Os militares tiveram que entrar na água da enchente para resgatar as vítimas, que estavam penduradas em um poste próximo a um córrego de esgoto que passa por trás das casas da avenida.

Dois deles, o cabo Nilson e o soldado Nicolas Vaz, entraram na água e tentaram nadar até o local onde as duas pediam socorro. Em alguns pontos, a enchente fez com que o nível da água chegasse a cerca de 3 metros de profundidade.

Hipotermia

Um dos militares não conseguiu quebrar a barreira de gelo que estava à frente das vítimas, e seus membros começaram a congelar. Com isso, as mãos, os braços e as pernas do militar ficaram dormentes, sinalizando o princípio de hipotermia.

Os bombeiros precisaram se apoiar no telhado de uma casa que estava totalmente submersa pela enchente, em uma região de alto risco. Depois disso, eles conseguiram acessar as vítimas por meio de outra rua, e encontraram a mulher, Silvana, e a criança, já sem forças e com hipotermia.

As vítimas foram resgatadas e receberam atendimento médico na sala de emergência, já que apresentavam hipotermia e algumas lesões, além de estarem debilitadas devido ao frio. O militar que apresentou princípio de hipotermia também recebeu atendimento e passa bem.

Bombeiros visitam vítima
Mulher ainda estava no hospital até a manhã de hoje (Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Na manhã desta terça-feira (28), os bombeiros voltaram ao hospital para visitar a mulher e a criança, que agradeceram pelo resgate.

Edição: Vitor Fernandes
Sofia Leão
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde 2019 e graduanda em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Participou de reportagem premiada pela CDL/BH e pelo Prêmio Sebrae de Jornalismo em 2021, além de figurar entre os finalistas do Prêmio Cláudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados.

Comentários