BH chega a 101 vilas e favelas com wifi gratuito, e Prefeitura anuncia expansão para todas as 218 localidades

PBH anuncia wifi gratuito
PBH concluiu a primeira etapa do ‘Vila Mais Conectada’ (Amira Hissa/PBH)

A PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) concluiu a primeira etapa do “Vila Mais Conectada”, disponibilizando wifi gratuito a cerca de 43 mil moradores de 101 vilas, favelas e conjuntos habitacionais da capital. De acordo com o prefeito Fuad Noman (PSD), a expectativa é que todas elas sejam contempladas pelo programa.

O programa foi lançado no final do ano passado, e ainda restam 117 localidades a serem atendidas. Ao todo, são 218 vilas e favelas em BH, onde vivem cerca de 375 mil pessoas. A iniciativa é promovida por meio da Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte (Prodabel).

“Esse é um projeto que vem desde o ano passado, que nós buscamos integrar a comunidade de vilas e favelas ao mundo digital, ao mundo que nós estamos hoje vivendo, para melhorar o emprego, para melhorar o conhecimento, para permitir a obtenção de trabalho”, disse Fuad em coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira (23).

O programa ainda promove formação técnica por meio de cursos profissionalizantes, presenciais e pela internet. “Esses cursos são feitos diretamente pela Prodabel, e os outros cursos nós estamos negociando com o Sebrae, ou outras instituições que queiram participar”, explicou o prefeito.

Primeira etapa

Nesta primeira etapa do programa, de acordo com a PBH, já foram instalados 418 aparelhos distribuidores do sinal de internet, chamados de Access point (AP). Cerca de 43 mil usuários já estão cadastrados e utilizando o wifi gratuito.

Já segundo o presidente da Prodabel, Leandro Garcia, a iniciativa já capacitou, entre janeiro e maio deste ano, 1.889 alunos em cursos de Tecnologia da Informação. “Tudo isso significa mais profissionais para um mercado em plena expansão, na área da TI”, disse.

Durante evento realizado hoje na prefeitura, alunos dos cursos de tecnologia receberam certificados pela qualificação. Atualmente, a Prodabel está capacitando, presencialmente, 494 alunos atendendo demandas de empresas parceiras.

A Prodabel oferece 10 cursos à distância: Introdução às novas tecnologias, Ferramentas para home office, Planilhas eletrônicas, Criação de sites, Programação Web 1 – HTML e CSS, Programação Web 2 – Introdução à lógica de programação e Javascript, Programação Web 3 – Banco de dados MySQL, Programação Web 4 – PHP, Empreendedorismo digital, Educação ambiental e resíduos eletroeletrônicos. São ainda quatro cursos presenciais: Informática para o mercado de trabalho, Informática para idosos, Montagem e manutenção de computadores, Programação Web Front End.

Veja mais sobre os cursos e as inscrições abertas aqui.

Edição: Roberth Costa
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde 2019 e graduanda em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Participou de reportagens premiadas pelo Prêmio Cláudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados, pela CDL/BH e pelo Prêmio Sebrae de Jornalismo em 2021.

Comentários