Pesquisar
Close this search box.

Chegada da primavera provoca queda de temperatura e intensifica chuvas em BH

Por

Reprodução/Facebook

A primavera começa oficialmente nesta quinta-feira (22) em todo o Brasil, mas os efeitos de transição climática provocados pela estação já podem ser sentidos em Belo Horizonte e na região metropolitana.

Nesta quarta-feira (21), último dia de inverno, a cidade amanheceu com temperaturas mais amenas do que as registradas no começo da semana. No domingo (18), a capital teve o dia mais quente do ano, 35,5ºC.

De acordo com a meteorologista Natália Cantuária, da PUC Minas TempoClima, o período que compreende a primavera tem temperaturas mais baixas em relação às registradas no inverno. A umidade do ar também tende a mudar devido à transição entre as estações do ano. A previsão é de que os índices aumentem gradativamente ao longo dos dias, assim como a ocorrência de chuvas.

“A primavera é uma estação com chuvas mais intensas e frequentes, o que influencia diretamente a umidade do ar”, disse. “As temperaturas mínimas devem sofrer queda ao longo dos próximos dias, o que pode proporcionar alívio para quem sofreu com a onda de calor nas últimas semanas”, completa.

Ainda segundo Natália, BH e cidades da região metropolitana podem ter chuvas rápidas no fim da tarde desta quarta-feira. As temperaturas podem cair com a chegada da noite, mas não deve fazer frio.

Em Minas Gerais, no Campo das Vertentes, Zona da Mata e parte do Norte mineiro o céu ficou de nublado a parcialmente nublado e há a possibilidade de ocorrer pancadas de chuva isoladas. Nas demais regiões mineiras, o céu ficou de claro a parcialmente nublado e as chances de chuva são pequenas.

Temperaturas em declínio no Sul de Minas, com a mínima chegando a 2°C em Maria da Fé. A umidade relativa do ar mínima gira em torno de 45% à tarde.

Roberth R Costa

De estagiário a redator, produtor, repórter e, desde 2021, coordenador da equipe de redação do BHAZ. Participou do processo de criação do portal em 2012; são 11 anos de aprendizado contínuo. Formado em Publicidade e Propaganda e aventureiro do ‘DDJ’ (Data Driven Journalism). Junto da equipe acumula 10 premiações por reportagens com o ‘DNA’ do BHAZ.

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ