Confins imuniza adultos de 33 anos e promete finalizar vacinação em julho

Vacinação Covid Confins
Vacinação avança e moradores com 33 anos poderão se vacinar amanhã na cidade do Aeroporto Internacional (Prefeitura de Confins/Divulgação)

O município de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte, que abriga o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, começará a vacinar moradores de 33 anos, sem comorbidades, partir de amanhã (25). Nesta quinta-feira (24), pessoas de 35 anos, sem comorbidades, estão sendo vacinados contra a Covid-19. Essa faixa etária já vem sendo imunizada desde a última sexta-feira (18), quando um Mutirão de Vacinação foi organizado na cidade.

De acordo com a Prefeitura, quase 60% das pessoas com mais de 18 anos receberam a primeira aplicação da vacina. O município tem aproximadamente 6,8 mil habitantes. Ainda segundo o Executivo Municipal, o avanço na proteção por faixa etária foi possível por causa da sobra de doses destinadas aos grupos prioritários. A expectativa é imunizar toda a população de até 18 anos contra o novo coronavírus até o mês que vem.

Para se imunizar na cidade, não é preciso realizar um cadastro prévio. O morador apenas precisa levar o comprovante de endereço ou contrato de aluguel em nome da pessoa, além de documento com foto. Para gestantes, o cartão do pré-natal, e para puérperas, certidão de nascimento ou sumario da alta com 45 dias da data de nascimento.

Mutirão de Vacinação

Na quinta-feira (17), a Prefeitura de Confins divulgou pela primeira vez um Mutirão de Vacinação, por meio de uma postagem no Facebook, voltado para gestantes, puérperas e pessoas de 40 a 59 anos sem comorbidades, marcado para o dia seguinte (18), de 8 às 16h. Para os moradores de bairros mais distantes, a Prefeitura disponibilizou um ônibus com destino à campanha de imunização, a partir das 07h30.

No dia do mutirão, o vice-prefeito, Uales Lucas Ribeiro, o secretário de saúde, Weslei Denis Ramos, e 30 servidores coordenaram juntos as aplicações. De acordo com a Prefeitura, porém, antes das 12h, o secretário identificou o bom andamento da vacinação e resolveu baixar a categoria para 35 anos.

Para que a notícia chegasse ao maior número de pessoas possível, a Comunicação da Prefeitura foi acionada. Uma foto do chefe da pasta segurando uma placa com os dizeres “pessoas a partir de 35 anos já podem vacinar hoje!” foi postada nas redes sociais da Prefeitura e circulou pelo WhatsApp. No final do dia, 990 pessoas foram imunizadas.

Foto circulou nas redes sociais (Prefeitura de Confis/Divulgação)

E em BH?

A PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) anunciou, ontem (23), que vai vacinar pessoas de 55, 54 e 53 anos contra a Covid-19 a partir desta quinta-feira (24). Poderão se imunizar exclusivamente as pessoas dessas faixas de idade que residam na capital. A expectativa de público a tomar a primeira dose da vacina nesta etapa é de cerca de 63 mil pessoas.

A aplicação das doses por idade estava parada nos 56 anos desde o dia 11 de junho. BH recebeu menos doses do que o esperado pela administração municipal. O secretário estadual de Saúde, Fábio Baccheretti, explicou ontem (23), em coletiva de imprensa, a razão do envio de uma remessa menor.

Minas Gerais

Em meio à “rinha de vacinas” que tem feito com que os estados antecipem seus calendários de imunização contra a Covid-19, Minas Gerais está atrás de oito estados brasileiros no ritmo de aplicação da primeira dose. Quando o número de vacinas recebidas pelo estado é comparado ao que já foi aplicado como primeira dose, o estado cai para a 19ª posição no país (veja mais aqui).

A pandemia da Covid-19 já levou a vida de 110 bebês, crianças e adolescentes no estado.

Edição: Vitor Fernandes

Comentários