Após voltar a nível de alerta, transmissão da Covid tem novo aumento em BH

covid em BH
O índice de transmissão da Covid-19 em BH estava no nível verde há 23 dias (Amanda Dias/BHAZ)

O índice que mede a transmissão da Covid-19 em BH voltou a subir nesta quinta-feira (16). O indicador saiu do nível verde nesta semana, após 23 dias, e chegou a 1,04 – considerado estado de atenção. Ainda ontem (15), o chamado fator Rt era de 1. O novo aumento foi registrado no Boletim Epidemiológico mais recente, divulgado pela PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) no início desta noite.

Por outro lado, a taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) destinados a pacientes com Covid-19 caiu de 49,8% para 44,3%, permanecendo no nível de menor risco. Também em queda está a ocupação de enfermarias: o índice foi de 32,4% para 31,1% de ontem para hoje.

Boletim epidemiológico desta quinta-feira (16) (Reprodução/PBH)

Ainda de acordo com o boletim, Belo Horizonte soma 278.370 casos confirmados de Covid-19. Desses, 6.633 evoluíram a óbito e outros 270.317 receberam alta. 695 pacientes ainda estão em acompanhamento na capital.

Vacinados em BH

Quase 85% do público-alvo da vacinação contra a Covid-19 já se imunizou ao menos com a primeira dose em Belo Horizonte. Ao todo, são 1.936.126 pessoas vacinadas.

Com as duas aplicações, já se imunizaram 1.082.735 pessoas na capital, o que corresponde a 48,6% da população total. Essa porcentagem também inclui as 59.227 pessoas que receberam a vacina de dose única, da Janssen. Receberam a dose de reforço do imunizante 14.289 idosos em Belo Horizonte.

Nesta quinta-feira (16), a PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) informou que os adolescentes de BH que não têm comorbidades seguirão sem a vacina da Covid-19. O município confirmou que, assim como tem feito desde o início da pandemia, vai continuar seguindo as orientações do Ministério da Saúde e adotar a revisão incluída ontem (15) no Programa Nacional de Operacionalização da Covid-19, que suspendeu a recomendação do imunizante para esse grupo (veja aqui).

A Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte afirmou, por meio de nota, “que segue as orientações do Programa Nacional de Operacionalização da Covid-19, do Ministério da Saúde, que revisou a recomendação para imunização contra Covid em adolescentes de 12 a 17 anos”.

Edição: Giovanna Fávero
Larissa Reis
Larissa Reislarissa.reis@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários