Denúncias de focos de dengue crescem quase 2.000% em BH

Uma prova de que a dengue está provocando temor em muita gente é o aumento de 1.828% nas denúncias de focos do Aedes aegypti no primeiro bimestre em Belo Horizonte. Com o alarme sobre a doença no país, os moradores se transformaram em soldados no combate ao mosquito que tem deixado tantos doentes.

A prefeitura da capital recebeu 10.336 solicitações de vistorias em janeiro e fevereiro deste ano – uma média de sete denúncias a cada hora. Em 2015, foram 536 pedidos nesses dois meses.

Segundo o Executivo, o índice de resposta aos chamados foi de 90% em janeiro e de 37,8% em fevereiro – mas esse último percentual ainda deve mudar, conforme a prefeitura, uma vez que algumas reclamações podem estar dentro do prazo para atendimento, que é de dez dias, a contar do dia seguinte ao recebimento do pedido, excluindo fins de semana. Denúncias feitas a partir de 17 de fevereiro ainda estariam, portanto, dentro do período de espera.

Continue lendo no site do Jornal O Tempo