Pesquisar
Close this search box.

Dia dos Namorados: Pesquisa prevê aumento nas vendas para 2024 em BH

Por

dia dos namorados vendas bh
Comerciantes estão otimistas com a chegada da data especial (Freepik/Divulgação)

A economia de Belo Horizonte deve receber um impulso significativo com a chegada dos Dias dos Namorados, em 12 de junho. Segundo pesquisa da CDL/BH (Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte), a movimentação de vendas deve alcançar R$ 2,17 bilhões ao longo de junho. O valor representa um aumento de 1,87% em relação ao ano passado, quando o faturamento foi de R$ 2,13 bilhões.

O presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva, destaca a importância dessa data para o comércio. “O Dia dos Namorados fecha a temporada de datas comemorativas do primeiro semestre. Com essa boa expectativa de vendas, os lojistas ganham fôlego para cumprir suas obrigações financeiras e se animam para os próximos seis meses de comércio”.

Expectativas para o tíquete médio

A pesquisa, realizada entre 6 e 20 de maio com 150 lojistas da capital mineira, revela que os comerciantes esperam um tíquete médio de R$ 221,81 por presente. Considerando a compra de dois produtos, o investimento dos casais pode chegar a R$ 443,62, um aumento de 22% em relação a 2023.

Entre os lojistas, 76% acreditam que os consumidores optarão pelo pagamento parcelado no cartão de crédito, geralmente em três parcelas. Outros 16,7% esperam que o pagamento seja feito à vista no cartão de crédito, 4% no débito e 3,3% através do PIX.

Já em relação às expectativas de gastos dos casais em comparação ao ano passado, 76% dos comerciantes acreditam que será semelhante, 16,7% preveem um aumento, e 7,3% esperam uma redução.

Lista de presentes mais populares

Os lojistas acreditam que os itens mais procurados serão:

  • Roupas (60%)
  • Acessórios (19,3%)
  • Calçados (19,3%)
  • Malas e mochilas (12,7%)
  • Cosméticos (7,3%)
  • Itens de decoração (6%)

Para atender à demanda, 41,3% dos comerciantes reforçaram seus estoques, enquanto 51,3% mantiveram o mesmo volume e 7,3% optaram por reduzir.

Fatores que influenciam as vendas

Entre os fatores que podem alavancar as vendas, os comerciantes destacam:

  • Liquidações de produtos (62%)
  • Flexibilidade de pagamento (9,3%)
  • Divulgação (6,7%)
  • Aumento da empregabilidade (5,3%)
  • Bom atendimento (4,7%)

Por outro lado, os principais obstáculos mencionados incluem:

  • Falta de agilidade e cordialidade no atendimento (52%)
  • Aumento dos preços dos produtos (18%)
  • Desemprego (11,3%)
  • Inadimplência (6,7%)
  • Diminuição da renda dos consumidores (3,3%)

Estratégias dos lojistas

Para atrair os consumidores, os lojistas planejam investir em:

  • Decoração da loja (90%)
  • Divulgação dos produtos (70%)
  • Variedade de produtos (68%)
  • Flexibilidade e facilidade de pagamento (54%)

Além das lojas físicas, que continuam sendo o principal canal de vendas (97,3%), as redes sociais também desempenharão um papel crucial. O Instagram será utilizado por 58,7% dos lojistas e o WhatsApp por 51,3%. O site da empresa será uma ferramenta de vendas para 37,3%.

As ferramentas de divulgação mais utilizadas serão:

  • Vitrine (92,7%)
  • Instagram (90,7%)
  • WhatsApp (64%)
  • Boca a boca (64%)
  • Site próprio (26%)
  • Facebook (8,7%)

Com essas estratégias, os lojistas de Belo Horizonte esperam garantir que o Dia dos Namorados de 2024 seja um sucesso de vendas, proporcionando um impacto positivo na economia local e cumprindo com as expectativas do comércio para o primeiro semestre do ano.

Amanda Serrano

Foi estagiária do Jornal Estado de Minas e da TV Band Minas. Também trabalhou na assessoria política. Atualmente é repórter do Portal BHAZ.

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ