Dois ônibus batem de frente e deixam 17 feridos em Belo Horizonte

Dois ônibus batem de frente em BH
Ainda não se sabe o que pode ter causado o acidente (Reprodução/Redes Sociais)

Dezessete pessoas ficaram feridas após dois ônibus da mesma linha baterem de frente nesta segunda-feira (7). O acidente ocorreu na rua W, no bairro Granja de Freitas, na região leste de Belo Horizonte. As vítimas – 14 mulheres e três homens – foram encaminhadas para UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e hospitais da região.

Apesar do susto, ninguém sofreu ferimentos graves. O Setra-BH (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte) comunicou, por meio de nota, que “a empresa associada responsável pela operação da linha acionou o Samu [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e a PM para socorrer as vítimas”.

Ainda segundo o comunicado, ainda não se sabe o que motivou o acidente e a empresa que administra a linha também “aguarda a perícia da polícia de trânsito para esclarecer as causas”.

Ônibus tomba na Vilarinho

No último dia 20, um outro acidente com um ônibus também deixou vários feridos na capital. Na ocasião, um ônibus do Move tombou na avenida Vilarinho, na região de Venda Nova. O veículo levava 93 passageiros e o acidente deixou 29 feridos. A causa do tombamento ainda é investigada, mas informações preliminares indicam que o eixo traseiro do veículo se soltou durante o deslocamento.

O veículo é da linha 521, de Ribeirão das Neves, e o acidente aconteceu em frente à estação Candelária, no sentido Centro da avenida Vilarinho. Segundo o tenente Lucas Costa, do Corpo de Bombeiros, esclareceu na ocasião, o Samu esteve no local e realizou uma avaliação médica de todos os passageiros.

O motorista do ônibus relatou às autoridades que não estava em alta velocidade no momento do acidente. Segundo ele, houve uma alteração na direção, que puxou o veículo para a esquerda. Logo depois, ele escutou um estalo e a direção travou. O ônibus continuou sendo puxado para a esquerda e depois pra direita, momento no qual acabou tombando.

Edição: Giovanna Fávero
Giulia Di Napoligiulia.di.napoli@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários