Homem morre após ser atropelado por metrô em Belo Horizonte

metrô bh
Corpo foi encontrado nos trilhos do metrô (Amanda Dias/BHAZ)

Um homem, ainda não identificado, morreu na noite de ontem (5) ao ser atropelado por um trem do metrô, em Belo Horizonte. A Polícia Militar informou que foi acionada por volta de 22h07 na estação Santa Tereza, na região Leste da capital mineira.

Segundo o registro policial, a vítima aparentava ter entre 30 e 35 anos de idade, cor parda e estava usando uma blusa azul e calça jeans. Não foi encontrado nenhum documento de identificação com o homem. Não foi possível identificar imagens do acidente, já que, segundo a Polícia Militar, as câmeras de segurança ficam apenas na plataforma das estações.

O segurança do metrô relatou aos policiais que o maquinista entrou em contato com a central da CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos) e informou que, enquanto conduzia o metrô, ao sair da estação Santa Tereza e seguir para o Horto, sentiu um impacto na locomotiva e pediu que os agentes de segurança verificassem o que poderia ter ocorrido.

Os agentes foram até o local e viram que havia um homem caído nos trilhos com vários ferimentos, principalmente na cabeça. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegou a ser acionado, mas a vítima acabou não resistindo aos ferimentos e morreu no local.

O maquinista seguiu para o pátio no bairro São Gabriel, na região Nordeste, para que a locomotiva passasse por perícia. Segundo a Polícia Civil, a perícia técnica compareceu no local para os primeiros levantamentos, mas ainda não foi possível identificar a vítima.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal André Roquette para se submeter a exames periciais. A Polícia Civil informou também que já instaurou inquérito para apurar as circunstâncias do acidente. Procurada pela reportagem, a CBTU ainda não se posicionou sobre o caso.  

Jordânia Andradejordania.andrade@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde outubro de 2020. Jornalista formada no UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) com passagens pelos veículos Sou BH, Alvorada FM e rádio Itatiaia. Atua em projetos com foco em política, diversidade e jornalismo comunitário.

Comentários