Idoso suspeito de abusar de menina de 3 anos é linchado e jogado em bueiro na Grande BH

idoso linchado santa luzia
Segundo a Polícia Militar, o homem ainda não identificado foi encaminhado em estado grave ao hospital Risoleta Neves (Wilmar da Silva/Divulgação)

Suspeito de estuprar uma criança de três anos, um idoso precisou ser resgatado pelo Corpo de Bombeiros após ser linchado por moradores e jogado em um bueiro em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte. O caso aconteceu na noite de ontem (11) e, segundo a Polícia Militar, o homem não identificado foi encaminhado em estado grave ao hospital Risoleta Neves (veja abaixo).

De acordo com informações da ocorrência, os militares foram acionados por volta das 17h para atender um caso de estupro. O denunciante, pai de uma criança de três anos, disse que havia estacionado o carro na frente de casa e saído por alguns minutos para buscar a cadeirinha e o cartão de vacinas da filha.

Nesse intervalo, a menina foi deixada dentro do veículo, onde ficou sendo vigiada pela mãe que estava em frente ao portão da residência. No local que ela estava, no entanto, não foi possível ver o momento em que o idoso se aproximou do veículo e começou a passar a mão nas partes íntimas da filha.

Flagrante gerou revolta nos moradores

A mãe só percebeu o que estava acontecendo quando uma vizinha flagrou a ação do homem e começou a gritar. O pai logo saiu de casa, viu o homem fugindo e conseguiu imobilizá-lo.

Devido ao susto, a mãe da criança começou a passar mal e o marido precisou socorrê-la. Neste momento, o idoso foi cercado e agredido por dezenas de moradores e, em seguida, jogado dentro de um bueiro.

Segundo o Corpo de Bombeiros, que esteve no local por volta das 18h, o homem foi resgatado ainda consciente, mas apresentava fala desconexa. Ele não foi identificado por nenhum morador e não possuía documento de identificação.

Vídeo registrado por moradores mostram o momento do resgate. Veja abaixo:

Caso será investigado

Em estado grave devido aos diversos ferimentos na região da cabeça, o homem foi encaminhado pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) ao Hospital Risoleta Neves, em Belo Horizonte. Segundo a PM, ele segue internado sob escolta.

Ao BHAZ, a Polícia Civil de Minas Gerais disse que, devido às condições de saúde, até o momento o suspeito não foi encaminhado à delegacia. Ainda assim, o caso será apurado pelo órgão.

Edição: Giovanna Fávero
Larissa Reis
Larissa Reislarissa.reis@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários