Mineirão lamenta morte de ‘Fernandão do Tropeirão’, responsável pela operação dos bares no estádio

fernando tropeiro mineirao
Fernandão do Tropeirão morreu aos 67 anos (Reprodução/@mineirao/Twitter)

Fernando Luiz da Silva, conhecido como “Fernandão do Tropeirão”, morreu nessa terça-feira (22). Ele era o responsável por grande parte da operação de bares do Mineirão. Por meio das redes sociais, o Gigante da Pampulha lamentou a perda do colaborador.

Reconhecido por seu trabalho no estádio, o Fernandão morreu aos 67 anos. “Profissional ímpar e querido por todos, Seu Fernando tinha mais de 50 anos de serviços prestados ao Mineirão. Deixamos aqui nossos sentimentos aos familiares e amigos. Descanse em paz!”, disse o local por meio das redes sociais.

Nas redes sociais, torcedores de clubes mineiros e outras pessoas também lamentaram a partida de Fernandão.

“Eu posso falar desse cara. Há algum tempo tenho sentido a ausência dele. Um cara incrível, um carinho conosco, bombeiros civis, fora do normal e sempre nos alimentava depois dos jogos. Sempre uma boa resenha. Sr Fernando é um patrimônio do Mineirão. Que Deus conforte a família”.

“Só quem o conhecia sabia do Grande homem que era! Que Deus o tenha!”, escreveu outra pessoa. “Descanse em paz amigo. Sua história se mistura com a do nosso querido estádio”, publicou um terceiro. “Eu tive o prazer de trabalhar com esse homem do coração enorme”, disse um colega pelo Twitter.

Vitor Fernandesvitor.fernandes@bhaz.com.br

Editor e repórter do BHAZ desde fevereiro de 2017. Jornalista graduado pela PUC Minas, com experiência em redações de veículos de comunicação. Trabalhou na gestão de redes do interior da Rede Minas e na parte esportiva do Portal UOL. Com reportagens vencedoras nos prêmios CDL (2018, 2019, 2020 e 2022), Sindibel (2019), Sebrae (2021) e Claudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados (2021).

Comentários