Motociclista morre após ser baleado e bater em poste na avenida Antônio Carlos, em BH

av antonio carlos
Homem teria perdido o controle da moto após ser atingido pelos disparos (Reprodução/Google StreetView)

Um motociclista foi atingido por disparos de arma de fogo e bateu em um poste na avenida Antônio Carlos, na madrugada desta quarta-feira (2). O homem morreu no local e a sua identidade ainda não foi divulgada. A colisão aconteceu em frente ao conjunto habitacional IAPI, no bairro São Cristóvão, região Noroeste de Belo Horizonte. A Polícia Civil investiga o caso.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado até o local, inicialmente em uma chamada de acidente de trânsito. Ao verificar o óbito da vítima, os profissionais também observaram os ferimentos causados pelas balas. A Polícia Militar foi então acionada e isolou o local, para permitir a investigação da perícia.

Informações preliminares da corporação indicam que o homem perdeu o controle da moto após ser ferido pelos disparos. Os militares ainda permaneceram no local, ao longo da manhã de hoje, para buscar imagens de câmeras de segurança e outras evidências que possam auxiliar na elucidação do caso. O pai da vítima também já teria sido identificado.

Ao BHAZ, a Polícia Civil informou, por meio de nota (leia abaixo na íntegra), que “o corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal Dr. André Roquette” e que a “causa e as circunstâncias da morte serão investigadas”.

Trânsito impedido

No início da manhã de hoje, a BHTrans informou que o trânsito em duas faixas na avenida Antônio Carlos, no sentido bairro/centro, estava impedido. A via estava com fluxo lento de veículos em razão do bloqueio. Às 8h22, o trânsito foi totalmente liberado.

Nota da Polícia Civil

“Tão logo acionada, nesta madrugada (2/3), a Polícia Civil deslocou equipe da perícia criminal e investigadores ao local dos fatos para os primeiros levantamentos. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal Dr. André Roquette, em Belo Horizonte, onde se encontra e será submetido a exames. A causa e as circunstâncias da morte serão investigadas pela Polícia Civil”.

Edição: Vitor Fernandes
Guilherme Gurgelguilherme.gurgel@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco nas editorias de Cidades e Variedades no BHAZ.

Comentários