Operação contra lavagem de dinheiro na Grande BH suspende atividades de 24 empresas

polícia federal crimes minas gerais
Polícia Federal indisponibilizou bens dos suspeitos que somam R$ 260 milhões (IMAGEM ILUSTATIVA: Divulgação/Polícia Federal)

A Polícia Federal realiza, nesta terça-feira (11), uma operação em São José da Lapa e em Lagoa Santa, na Grande BH, para investigar suspeitos de lavagem de dinheiro. Agentes também atuam em Pará de Minas, na região Central do estado.

De acordo com a PF, a lavagem de dinheiro ocorria, principalmente, pelo tráfico de drogas em Minas Gerais. Esse é um desdobramento da Operação Caixa Forte, iniciada em 2019. Na época, os suspeitos eram investigados por tráfico de drogas também na região Metropolitana de Belo Horizonte.

Agora, na Operação Cafua, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, com suspensão de atividades de 24 empresas.

A Justiça também deferiu o bloqueio de bens de 31 pessoas físicas e jurídicas, num toral de R$ 260 milhões.

João Lages[email protected]

Repórter no BHAZ desde setembro de 2023. Jornalista com 4 anos de experiência em veículos de comunicação. Fez cobertura de casos que têm relevância nacional e internacional. Com passagem pela RecordTV Minas, também foi produtor e editor de textos na Record News.

SIGA O BHAZ NO INSTAGRAM!

O BHAZ está com uma conta nova no Instagram.

Vem seguir a gente e saber tudo o que rola em BH!