Pedido de impeachment contra Kalil é apresentado por advogado na CMBH: ‘Não vai ter segunda chance’

kalil
Advogado fez duras críticas contra o prefeito de BH (Moisés Teodoro/BHAZ)

Um pedido de impeachment contra o prefeito Alexandre Kalil (PSD) foi protocolado na CMBH (Câmara Municipal de Belo Horizonte), nessa quinta-feira (2). Nele é alegado que o chefe do Executivo municipal cometeu crime de responsabilidade por não prestar informações solicitadas pela Casa Legislativa. A PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) foi procurada e informou, por meio de nota (leia abaixo na íntegra) que ainda não foi notificada, e Kalil alegou que seria “coisa da oposição”.

O responsável pelo pedido é o advogado Mariel Marra. Ele já apresentou, no passado, requerimento solicitando abertura do processo, mas acabou sendo arquivado. “O ditado popular diz que errar é humano, mas duas vezes o mesmo erro é burrice. Ano passado protocolei um pedido de impeachment do Kalil por ele ter deixado de atender pedidos de informações da Câmara Municipal”, falou em vídeo.

O arquivamento pela presidente da Câmara, vereadora Nely Aquino, se deu pela “ausência de requisitos formais” na época, conforme esclareceu Marra. “Após o início deste novo mandato, o Kalil continuou fazendo a mesma coisa”. O advogado alega que, agora, todos os requisitos foram observados.

“Não há mais motivo para arquivar o pedido, antes dele ser enviado para o plenário. Como líder do movimento ‘Fora Kalil’ eu sei que estou aqui representando milhares de pessoas”, disse. Para o processo ser aberto é necessário que tenha a aceitação da maioria dos parlamentares presentes em sessão.

Ao final da gravação, Marra fez duras críticas ao prefeito de BH. “O Kalil é burro. Ele cometeu o mesmo erro duas vezes. Desta vez não vai ter segunda chance”.

A PBH disse, por meio de nota, que “não foi notificada”. O órgão ainda informou que o prefeito Alexandre Kalil afirmou que “isso certamente está cheirando ser coisa da oposição, que não sabe mais o que fazer para prejudicar a prefeitura e o povo de Belo Horizonte”.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Mariel Marley Marra (@marielmarra)

Retrospecto

O advogado autor do pedido de impeachment de Kalil também pediu a cassação do ex-vereador Cláudio Duarte, que perdeu o mandato em agosto de 2019, acusado de praticar o crime de “rachadinha” na CMBH.

Mariel também tem em seu histórico pedidos de impeachment contra o ex-presidente Michel Temer e o ex-governador Fernando Pimentel, que chegou a ser aceito pelo presidente da Assembleia Legislativa, Adalclever Lopes, em 2018. O processo contra Pimentel, no entanto, não avançou na Casa.

Nota da PBH

“A Prefeitura de Belo Horizonte não foi notificada. O prefeito Alexandre Kalil afirmou que ‘isso certamente está cheirando ser coisa da oposição, que não sabe mais o que fazer para prejudicar a prefeitura e o povo de Belo Horizonte'”.

Edição: Vitor Fernandes
Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas nos prêmios CDL (2018, 2019 e 2020), Sebrae (2021) e Claudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados (2021).

Comentários