Suspeita de bomba na UFMG assusta funcionários e mobiliza Polícia Federal

Divulgação/PF

Uma suspeita de bomba na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), na região da Pampulha, em Belo Horizonte, mobilizou policiais federais e assustou alunos da instituição, na manhã desta quarta-feira (10). Uma mochila com o suposto artefato explosivo foi deixada no prédio da Faculdade de Farmácia.

De acordo com a Polícia Federal, por não haver aulas ou expediente na UFMG, a presença de um homem no local levantou suspeitas junto aos vigilantes, que decidiram abordá-lo. Percebendo a intenção dos seguranças, o suspeito fugiu, abandonando uma mochila no caminho, próximo ao prédio do Centro de Desenvolvimento de Tecnologia Nuclear (CDTN).

O Grupo de Explosivos e Bombas da PF isolou o local e deu início aos protocolos de segurança. A suposta bomba foi, em seguida, detonada. Por fim, verificou-se que não se tratava de composto explosivo, havendo apenas roupas e objetos pessoais no interior da mochila.

O suspeito não foi localizado.

Divulgação/PF
Divulgação/PF
Roberth Costaroberth.costa@bhaz.com.br

Editor do BHAZ desde junho de 2018 e repórter desde 2014. Participou do processo de criação do portal em 2012. É formado em Publicidade e Propaganda pela Faculdade Promove. Participou de reportagens premiadas pela CDL/BH em 2018, 2019 e 2020, além de figurar entre os finalistas do prêmio Sindibel, em 2019, e Sebrae de Jornalismo, em 2021.