Zema diz que obras do metrô vão se tornar realidade, mas faz alerta

zema
Governador de Minas falou em evento comemorativo aos mil dias da gestão federal (Reprodução/TV Brasil)

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), afirmou que as obras de ampliação do metrô de Belo Horizonte não vão ficar prontas de “um ano para o outro”. O político ressaltou, no entanto, que “finalmente” a promessa vai se tornar realidade. A fala ocorreu em evento que contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), na Cidade Administrativa, nesta quinta-feira (30).

“O investimento no metrô finalmente se torna uma realidade. É uma melhoria e ampliação no transporte que vai torná-lo mais rápido e de melhor qualidade. Deixo bem claro que estamos anunciando algo diferente”, disse destacando o repasse de R$ 2,8 bilhões do governo federal e R$ 428 milhões do Governo de Minas para a construção da linha 2 e modernização da existente.

“Será uma obra com investimento elevado e, por isso, não será de um dia para o outro que será resolvido. Problemas de décadas não se resolvem de um ano para o outro e posso falar por conhecimento de causa”.

O edital de concessão do metrô de BH deverá ser publicado em março do ano que vem, conforme anunciado pelo governador. “Uma vez havendo a concessão, muito mais fácil será a expansão. Será de interesse da concessionária expandir as linhas, pois significará aumento de usuários no sistema”, disse.

‘Humildade’

Segundo Zema, o anúncio de hoje foi possível graças ao “diálogo e trabalho”. “Desde o primeiro dia que cheguei neste governo temos conseguido resolver os problemas que há décadas se arrastavam nas 853 cidades do estado. Hoje estamos avançando novamente”, destacou.

O presidente elogiou o governador de Minas pela maneira que vem conduzindo a gestão. Bolsonaro destacou a “humildade” do político mineiro.

“A humildade do Zema é o sucesso de seu trabalho aqui em Minas Gerais. Ninguém faz nada sozinho. É fácil ser governador? Não é. Mas com todo respeito ao Zema: o nosso lá em Brasília é mais difícil”.

Sobre as linhas do metrô

A linha 1 do metrô de Belo Horizonte liga Contagem, na região metropolitana, à capital mineira. São 28,1 quilômetros de extensão e 19 estações para passageiros. As intervenções previstas após a concessão envolvem: reforma de estações, compra de trens novos equipados com ar-condicionado e diversas atualizações tecnológicas.

Adicionalmente, a linha 1 será ampliada até a Estação Novo Eldorado, em Contagem, agregando aproximadamente 1 quilômetro à extensão da linha.

Já a linha 2 deverá ser construída para ligar o Bairro Calafate à região do Barreiro, ambos em Belo Horizonte. Ela terá aproximadamente 10 quilômetros de extensão e sete estações, conectando o Barreiro à Linha 1 na estação Nova Suíça.

Estima-se que, como resultado da parceria entre União, o estado de Minas Gerais e a iniciativa privada, as duas linhas transportem diariamente até 260 mil passageiros.

Com Governo Federal

Edição: Roberth Costa
Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas pelo prêmio CDL.

Comentários