Condomínio multa idosa em mais de R$ 20 mil por comportamento da neta

tribunal de justiça de são paulo
O TJ-SP condenou uma idosa de 87 anos a pagar R$ 20 mil em multas condominiais por causa de maus comportamentos da neta (Divulgação/TJSP)

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) condenou uma idosa de 87 anos a pagar R$ 20 mil em multas condominiais por causa de maus comportamentos da neta. A decisão aponta que a mulher pendurava roupas no corredor do prédio e que os filhos causaram danos nos veículos estacionados na garagem do edifício que fica em Praia Grande, no litoral de São Paulo.

A idosa é a proprietária do apartamento, mas a neta morou no local por cerca de oito anos e nunca pagou as multas aplicadas. A informação foi confirmada pelo portal g1.

Diante disso, o Condomínio Ilhas de Marambaia e Jaguanum entrou com um processo na Justiça. Nele, há reclamações da síndica sobre o comportamento da mulher que ocupava a residência.

Após advertir e notificar a responsável várias vezes, boletos para pagamentos eram enviados, juntamente com a cobrança da parcela mensal do condomínio. Mas não foram quitados.

Ao todo, a moradora recebeu 12 penalidades que somadas com as correções e juros totalizam R$ 20.193,50. Em 2021 a idosa foi acionada. A 1ª instância saiu em desfavor da idosa que entrou com um recurso. Na 2ª instância, o condomínio venceu novamente e deverá receber a quantia.

O advogado da idosa informou que a questão está sobre o crivo do judiciário. Ou seja, os argumentos vão surgir durante o processo. Apesar disso, não foi informado se a família segue no imóvel.

Edição: Lucas Negrisoli
João Lages[email protected]

Repórter no BHAZ desde setembro de 2023. Jornalista com 4 anos de experiência em veículos de comunicação. Fez cobertura de casos que têm relevância nacional e internacional. Com passagem pela RecordTV Minas, também foi produtor e editor de textos na Record News.

SIGA O BHAZ NO INSTAGRAM!

O BHAZ está com uma conta nova no Instagram.

Vem seguir a gente e saber tudo o que rola em BH!