Deputado apresenta projeto ficha-limpa para barrar denunciados no STF

O deputado Jarbas Vasconcelos do PMDB de Pernambuco apresentou na Câmara Federal um projeto que altera o regimento interno na Câmara dos Deputados instituindo uma espécie de “ficha limpa” para aqueles que ocupam ou aspiram cargos na mesa diretora da Casa, incluindo sua presidência.

De acordo com a proposta, fica proibida a permanência em cargos da mesa da casa, para deputados denunciados no Superior Tribunal Federal. Entre os crimes passiveis dessa punição estão os cometidos contra a economia popular, a fé pública, a administração pública, patrimônio público, tráfico de drogas, racismo, contra a vida, entre outros.

Jarbas Vasconcelos negou que o projeto seja uma manobra contra Eduardo Cunha, que passa por denuncias agora. A intenção seria a de moralizar a casa. Porém, a proposta tem caráter preventivo e repressivo.