Funcionário da dupla Henrique e Juliano leva choque ao montar palco e é internado em UTI

Henrique e Juliano
Auxiliar técnico da dupla tem o quadro estável e está consciente (Reprodução/@henriqueejuliano/Instagram)

Um auxiliar elétrico da dupla sertaneja Henrique e Juliano está internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) depois de sofrer uma descarga elétrica durante a montagem de um palco, nesse sábado (27). Os artistas se apresentariam em Águas Lindas, Goiás.

De acordo com a assessoria de imprensa da dupla, Felipe Augusto de Andrade, de 28 anos, tem o quadro estável e está consciente.

No ano passado, um funcionário dos artistas morreu eletrocutado durante a montagem de um palco para um show realizado em Minas Gerais (relembre abaixo). Na ocasião, foi determinado que a dupla pagasse uma indenização de R$ 300 mil à família da vítima, além de uma pensão vitalícia.

O acidente

Ainda conforme a assessoria de imprensa da dupla sertaneja, após o choque, Felipe Augusto de Andrade foi prontamente levado para o hospital Bom Jesus. Mais tarde, a equipe médica sugeriu a transferência da vítima para Goiânia.

“A dupla ainda estava em casa (no Tocantins) no momento do acidente e quando tomou conhecimento do ocorrido prontamente providenciou um avião UTI para transferi-lo com mais agilidade, conforto e segurança para o IOG [Instituto Ortopédico de Goiânia]”, diz nota (leia na íntegra abaixo).

O comunicado ainda afirma que, quando a descarga elétrica ocorreu, o auxiliar técnico usava todos os equipamentos de segurança exigidos por lei. No entanto, eles não foram suficientes para evitar o acidente, que teria sido causado por vazamento de energia no grid do palco.

“Ele segue internado e sendo monitorado 24 horas pelos médicos. Henrique e Juliano acompanham o estado de saúde do auxiliar, que está sendo assistido por médicos de confiança da dupla. Além de Felipe a dupla tem dado assistência a mãe para que possa estar ao lado do filho ajudando assim na sua recuperação”, completa a nota.

Caso parecido

No dia 8 de fevereiro de 2020, um funcionário da dupla Henrique e Juliano morreu eletrocutado durante a montagem de um palco para um show no Centro Park, espaço de eventos em Uberaba, no Triângulo Mineiro.

Conhecido como “Carlão”, o funcionário tinha 30 anos e fazia parte da equipe técnica da banda. Após sofrer a descarga elétrica, ele caiu de uma altura de 6 metros.

À época, ficou acordado que Henrique e Juliano pagariam indenização de R$ 300 mil à família da vítima, e uma pensão vitalícia no valor de um salário mínimo a cada um dos pais do funcionário.

Na oacasião, a advogada Paula Ramos Nora de Santis, uma das quatro que representou a família da vítima, contou ao BHAZ que a dupla deveria pagar a indenização e a pensão por danos morais e danos materiais. Desde então, o processo seguiria em segredo de Justiça.

Em uma postagem apagada no Instagram, a dupla lamentou a morte de Carlos.

“A família Henrique e Juliano está de luto, hoje um dos integrantes da equipe sofreu um acidente e, infelizmente veio a óbito. Compartilhamos com a família de Carlos Barbosa de Souza, Carlão, o sentimento de perda e dor. Que Deus receba nosso companheiro em seus braços e conforte o coração de seus entes queridos. Descanse em paz Carlão”, dizia a publicação.

Nota da dupla Henrique e Juliano

“No último sábado, 27 o auxiliar técnico da dupla Henrique & Juliano, Felipe Augusto de Andrade 28 anos sofreu uma descarga elétrica durante a montagem do cenário para o show de Águas Lindas/GO.

O colaborador foi prontamente levado para o hospital Bom Jesus, e devidamente atendido por uma equipe médica que mais tarde sugeriu sua transferência para Goiania. A dupla ainda estava em casa (no Tocantins) no momento do acidente e quando tomou conhecimento do ocorrido prontamente providenciou um AVIÃO UTI para transferi-lo com mais agilidade, conforto e segurança para o IOG na capital goiana.

No momento do acidente Felipe estava com todos equipamentos de segurança exigidos por lei, contudo não sendo suficiente para evitar o incidente causado por vazamento de energia no grid do palco.

Ele segue internado e sendo monitorado 24 horas pelos médicos. Henrique & Juliano acompanham o estado de saúde do auxiliar, que está sendo assistido por médicos de confiança da dupla. Além de Felipe a dupla tem dado assistência a mãe para que possa estar ao lado do filho ajudando assim na sua recuperação.

O quadro de Felipe permane na Unidade de Terapia Intensiva, seu quadro é estável, ele encontra-se consciente e ainda aguarda alguns exames. A dupla juntamente com toda equipe estão em orações para o pronto restabelecimento”.

Edição: Roberth Costa
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde 2019 e graduanda em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Participou de reportagens premiadas pelo Prêmio Cláudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados, pela CDL/BH e pelo Prêmio Sebrae de Jornalismo em 2021.

Comentários