Pesquisar
Close this search box.

Jovem expulso de casa por ser gay dorme em rodoviária por três semanas e caso tem reviravolta

Por

jovem dorme rodoviária
Juan foi encontrado dormindo na rodoviária Tietê, em São Paulo, após ser expulso de casa por ser homossexual (Reprodução/@leonoraaquillaoficial/Instagram)

Um jovem foi encontrado dormindo na rodoviária Tietê, em São Paulo, após ser expulso de casa. Identificado como Juan, o rapaz conta ter sido rejeitado após revelar aos pais religiosos que é homossexual.

“Eu saí de casa devido a minha orientação sexual. Eu sou gay. Minha família é cristã e não aceita, me expulsou de casa, me trata mal. Não me quer lá”, conta Ruan em um vídeo em que conversa com a Coordenadora Municipal da Diversidade de São Paulo, Leonora Áquilla.

Juan é natural de Blumenau, em Santa Catarina, e conta que há dois meses ficou impossibilitado de trabalhar por conta de uma doença. Com isso, o dinheiro acabou e ele teve que ir para a rua.

“Sempre me virei sozinho, trabalhei, sou autônomo. Infelizmente há dois meses eu fiquei bem doente, precisei ficar no hospital um tempo e não pude trabalhar mais devido a não conseguir caminhar, não conseguir andar. Tive que ir pagando diárias [ de hospedagem] e o dinheiro foi saindo da minha conta e eu fiquei em situação de vulnerabilidade”, relembra.

O jovem diz que há três semanas ele dorme na rodoviária aos fins de semana. Nos dias úteis, ele faz “bicos” como garçom para custear hospedagem e alimentação. Segundo ele, voltar para casa não é uma opção.

“Eles [os pais] falam que eu tenho um espírito maligno e que eu preciso ser exorcizado. Eu só quero que eles vivam a vida deles, eu vou viver a minha, me reerguer de novo e vou continuar vivendo”, acrescentou.

Juan ganha abrigo temporário

Após o relato, Leonora Áquilla providenciou hospedagem para o rapaz não precisar mais morar na rua. “Enquanto isso a gente vai procurar parceiros que possam te ajudar a arrumar um emprego”, diz ela no vídeo.

Agora, o rapaz planeja juntar dinheiro para comprar os materiais necessários para fazer sabonetes e vender. Veja abaixo:

Larissa Reis

Graduada em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e repórter do BHAZ desde 2021. Vencedora do 13° Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão, idealizado pelo Instituto Vladimir Herzog. Também participou de reportagem premiada pela CDL/BH em 2022.

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ