Ludmila Ferber, pastora e cantora gospel, morre aos 56 anos

Ludmila Feber
Reprodução/@pastoraludmilaferber/Instagram

A pastora e cantora gospel Ludmila Feber morreu nessa quarta-feira (26) aos 56 anos. A informação foi confirmada por amigos próximos à líder religiosa. Em 2018, ela foi diagnosticada com câncer no pulmão e iniciou os tratamentos contra a doença.

Nos últimos anos, Ludmila contou aos fãs que os médicos lhe deram de seis a oito meses de vida ao informá-la sobre o câncer. Em junho de 2021, ela usou as redes sociais para contar que iniciaria o quinto tratamento contra doença após receber a notícia de que exames indicavam o avanço das células cancerígenas. Ela apresentava metástases no fígado e nos ossos.

“As circunstâncias, os diagnósticos e os laudos, o que quer que seja, não tem controle sobre nossas vidas. Eu não tenho controle sobre minha própria vida, essa é a minha verdade, é minha realidade. Deus, o Deus eterno, o senhor Jesus Cristo, o senhor dos exércitos, esse Deus maravilhoso, majestoso, glorioso, todo poderoso, Ele tem e só Ele tem o controle, o governo e o domínio sob minha vida”, declarou Ludmila ao informar sobre avanço da doença.

Desde 2018, Ludmila conciliava sua agenda de tratamentos com compromissos em igrejas por todo o país. Ela destacava a importância dos missionários nos dias atuais e reforçava o poder do dom da vida, do viver o presente em Deus. Veja o vídeo:

Ludmila Ferber

Ludmila integrou o grupo Koinonya, com o qual gravou oito discos. Ela iniciou sua carreira solo em 1996 ao lançar seu primeiro álbum, Marcas.

A cantora lançou doze discos de estúdio, nove álbuns ao vivo e um disco dedicado a canções infantis. Parte de suas canções estão disponíveis no Spotify e no seu canal no YouTube, onde é possível assistir uma live feita por Ludmila durante a pandemia.

Ludmila deixa três filhas: Daniela Ferber Lino, Ana Lídia Ferber Lino e Vanessa Ferber Lino. Em 2014, a cantora anunciou o fim de seu casamento de 27 anos com o ex-marido e deixou a igreja que fundou com ele. Na época, ela enfrentou críticas no meio religioso.

No ano passado, durante uma live com a pastora Ana Paula Valadão, ela falou sobre o doloroso processo que vivenciou durante a separação.

Repercussão da morte de Ludmila Ferber

Milhares de homenagens e mensagens de pesar foram publicadas nas redes sociais ainda durante a madrugada desta quinta-feira (27), quando a morte de Ludmila se tornou pública. Confira abaixo algumas postagens:

Comentários