Pesquisar
Close this search box.

Mulher se queima ao fritar ovo e morre após ficar 10 dias internada

Por

mulher morre fritar ovo
Mulher morreu após sofrer graves queimaduras ao fritar ovo (Reprodução/Redes Sociais)

Uma mulher, de 33 anos, morreu nessa segunda-feira (26) após ficar 10 dias internada depois de sofrer graves queimaduras ao fritar um ovo. Ela precisou de hospitalização na Unidade de Tratamento de Queimaduras (UTQ) de um hospital, no interior de São Paulo.

De acordo com o marido, Elisângela Oliveira chegou do trabalho e decidiu fritar o ovo para comer em casa na cidade de Rio Claro. O portal UOL confirmou a informação.

Mas, ela teria jogado sem querer um copo de água em uma panela que estava com óleo quente. A combinação gerou muitas chamas que atingiram a vítima.

O acidente gerou graves queimaduras e, ao todo, 17% do corpo foi queimado. Em seguida, ela foi levada para a Santa Casa de Misericórdia de Limeira, há cerca de 32 km da cidade vizinha.

Após ficar 10 dias internada, a vítima teve algumas complicações após uma parada cardiorrespiratória na noite do domingo (25). O quadro da saúde piorou e ela não resistiu.

A Delegacia Seccional de Limeira registrou o caso como morte acidental. A equipe da delegacia também solicitou um exame necroscópico do corpo dela.

Elisângela deixa o marido e a filha de um ano. A família ainda não divulgou informações sobre o velório e o sepultamento.

João Lages

Repórter no BHAZ desde setembro de 2023. Jornalista com 4 anos de experiência em veículos de comunicação. Fez cobertura de casos que têm relevância nacional e internacional. Com passagem pela RecordTV Minas, também foi produtor e editor de textos na Record News.

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ