Em parto raro, mulher dá à luz quíntuplos em São Paulo; equipe teve mais de 20 profissionais

Quíntuplos nascem em São Paulo
Bebês nasceram nessa segunda e ainda estão internados (Prefeitura de São Paulo/Divulgação)

Um é pouco, dois é bom, três é demais, cinco então… é uma festa! Foi exatamente esse o número de filhos que um casal de São Paulo teve de uma só vez. O parto raro dos quíntuplos aconteceu nessa segunda-feira (10), no Hospital Maternidade Escola Vila Nova Cachoeirinha, na Zona Norte de São Paulo. Todos os cinco bebês – Madalena, Isabel, Helena, Enrico e Ravi – passam bem, mas seguem internados.

O parto dos quíntuplos de 29 semanas foi realizado por uma equipe que contou com mais de 20 profissionais. Além disso, por ser uma raridade, a cesariana foi transmitida ao vivo para o anfiteatro do hospital para profissionais e estudantes da unidade de saúde. A decisão de realizar a cesariana foi tomada pelos médicos no fim de semana, a partir dos resultados de exames de monitoramento dos bebês.

A mãe das crianças, Yanike dos Santos, de 28 anos, estava internada na unidade desde o final de 2021, para acompanhamento médico. Ela ficou na Casa da Gestante, um local que simula o ambiente do lar, visando dar mais conforto a grávida.

Alta complexidade

O Hospital de Vila Nova Cachoeirinha é referência no atendimento de casos com alta complexidade na gestação. Um desses casos foi em junho de 2021, quando foi realizada uma cirurgia em um feto dentro do útero da mãe, para a correção de uma mielomeningocele.

Essa condição cria uma disrafia espinhal que afeta o fechamento da coluna. Nos bebês que nascem com essa condição, as raízes nervosas ficam alteradas e presas à pele e aos ossos da coluna, prejudicando a inervação dos membros inferiores, intestinos e vias urinárias.

Com Agência Brasil

Giulia Di Napoligiulia.di.napoli@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários