Repórter da TV Globo esfaqueado no DF volta para a UTI para tratar bacterinemia

gabriel luiz
Jornalista foi assaltado próximo de casa (Reprodução/@gabluiz/Instagram)

Após apresentar melhora no estado de saúde, o repórter da Gabriel Luiz foi transferido para um quarto no Hospital Brasília, no Distrito Federal. No entanto, após 10 dias na nova acomodação, nessa quinta-feira (28), o jornalista da Globo precisou voltar para UTI. Gabriel, que foi vítima de um esfaqueamento durante uma tentativa de assalto, voltou a precisar de tratamentos mais delicados após desenvolver uma bacterinemia.

A condição que atingiu o jornalista é caracterizada pela presença de bactérias na corrente sanguínea e, se não tratada adequadamente, pode levar a infecções mais graves. Segundo o Metrópoles, Gabriel havia apresentado consideráveis avanços no quadro clínico e já deve ser liberado novamente da UTI até amanhã (30).

Após a última liberação da UTI, em 19 de abril, o repórter havia chegado a andar pelos corredores do hospital na companhia de um fisioterapeuta. Ele também já deixou a sonda e passou para a alimentação líquida, por via oral.

O crime

O crime aconteceu perto da residência do repórter, no Distrito Federal, durante uma tentativa de assalto. O Ministério Público denunciou um homem, de 19 anos, que teria desferido 11 facadas contra Gabriel, durante uma tentativa de assalto. O investigado contou com o apoio de um adolescente de 17 anos no crime. A investigação da Polícia Civil não identificou qualquer relação do crime com a profissão do jornalista.

Gabriel Luiz sofreu a agressão no dia 14 de abril, quando foi levado para o Hospital Brasília com ferimentos no estômago, pulmão, pâncreas e diafragma. Imagens de câmeras de segurança flagraram o jornalista passando por um local próximo ao crime e, logo depois, os suspeitos passam, indo para a mesma direção. A mesma filmagem mostra o momento em que a dupla volta correndo.

Homenagens

O namorado de Gabriel Luiz foi uma das pessoas publicou uma homenagem ao repórter nas redes sociais. Lucas Machado desabafou sobre a situação e compartilhou fotos do casal. “Nessa semana, desde que nos conhecemos, foi a primeira vez que acordei sem uma mensagem sua de ‘bom dia’ que tornava o meu mundo um lugar melhor. Sou testemunha da luz que você é e do amor pela vida que você tem. Eu olho pra você e sei que sairá dessa. Estou e sempre estarei ao seu lado. Te amo!”, escreveu Lucas no Instagram.

O ataque sofrido por Gabriel Luiz gerou uma onda de comoção nas redes sociais e de pedidos por justiça. A Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo) reforçou que o jornalista tem histórico de reportagens investigativas e pede rigor por parte das autoridades na apuração do crime, “com especial atenção para a possibilidade de o crime ter ocorrido em decorrência do exercício da profissão”. No entanto, essa possibilidade foi descartada na investigação e a conclusão é de que o crime foi uma tentativa de latrocínio.

Edição: Roberth Costa
Guilherme Gurgelguilherme.gurgel@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco nas editorias de Cidades e Variedades no BHAZ.

Comentários