Pesquisar
Close this search box.

Tim começa a desligar em novembro clientes da Oi que não geram receita

Por

Telefone
Tânia Rêgo/Agência Brasil)

A operadora de telefonia TIM vai começar a desligar, a partir deste mês de novembro, os clientes inativos que recebeu da Oi. A informação é do presidente da companhia, Alberto Griselli, ao Estadão/Broadcast.

Na entrevista ao Estadão, Griselli disse que a previsão é concluir o trabalho já no início de 2023. “O racional é simples: nossa política de cancelamento de clientes é diferente da Oi. Para nós, não faz o menor sentido manter na base quem não usa a linha, não faz recarga, nem gera valor”, disse ao jornal.

Na última semana, a Vivo, que também incorporou parte dos usuários da Oi, foi outra que anunciou o desligamento de 3 milhões de linhas da Oi.

Segundo o Estadão, a direção da TIM afirma que os cortes vão seguir critérios da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para usuários que não fazem ou recebem chamadas, recargas e não pagam fatura.

Tim compra Oi

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) autorizou, no início do ano, a compra dos ativos de telefonia móvel do Grupo Oi pelas operadoras Tim, Claro e Telefônica Brasil (dona da marca Vivo).

O negócio de serviço móvel da Oi foi objeto de leilão judicial realizado em dezembro de 2020. Na ocasião, as concorrentes Tim, Claro e Telefônica Brasil apresentaram oferta conjunta.

Redação BHAZ

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ