Covid-19: Taxa de transmissão volta ao nível de alerta e cresce ocupação de leitos em BH

pessoas máscara rua
Uso de máscara e medidas de distanciamento precisam ser seguidas (Tomaz Silva/Agência Brasil)

Após 23 dias, a taxa do número médio de transmissão por infectado pela Covid-19 voltou para o nível de alerta em Belo Horizonte. O dado consta no Boletim Epidemiológico e Assistencial dessa quarta-feira (15). As ocupações dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e de enfermaria também apresentaram aumento, mas seguem em nível verde.

O boletim da PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) mostra que o RT saltou de 0,96, na terça (14), para 1. Agora, o indicador voltou para o nível de alerta que é representado pela cor amarela. A capital mineira vinha conseguindo manter o RT no nível verde desde 23 de agosto.

Na semana passada, a cidade chegou a registrar a menor taxa de transmissão da Covid-19 em 2021. Na oportunidade, o indicador chegou a 0,86. Desde o começo da pandemia do novo coronavírus, o menor RT foi marcado em 10 de agosto de 2020, quando o índice chegou a 0,85.

Ocupação de leitos aumenta

Além do número médio de transmissão por infectado, BH registrou aumento na taxa de ocupação dos leitos para tratar a doença. Os leitos de UTI passaram de 45,3% para 49,8%; já os de enfermaria foram de 29,6% para 32,4%. Mesmo com os indicadores apresentando elevação, eles permanecem no nível verde.

Belo Horizonte tem 488 leitos de UTI e 1.355 de enfermaria para tratar o novo coronavírus. Os números representam as redes SUS (Sistema Único de Saúde) e a Suplementar.

indicadores pandemia
Indicadores da pandemia na capital mineira (Reprodução/PBH)

Vacinação

A campanha de vacinação contra o novo coronavírus prossegue na cidade. Hoje é o dia da população de 55 anos tomar a segunda dose do imunizante. Para receber a vacina é preciso levar o cartão, o comprovante de endereção de Belo Horizonte, documento de identidade e CPF.

A capital mineira já atingiu 84,8% do público-alvo total com a 1ª e dose única da vacina e 48,1% com a segunda e dose única. Veja os números da vacinação:

  • 1ª dose – 1.934.100
  • 2ª dose – 1.070.734
  • Dose única – 59.227
  • Aplicações de reforço – 13.110

Covid-19

A cidade tem 278.275 casos confirmados de Covid-19 e 6.628 mortes. Os pacientes recuperados chegaram a 270.317, já os em acompanhamento são 917. O boletim da PBH pode ser lido clicando aqui.

Edição: Vitor Fernandes
Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas nos prêmios CDL (2018, 2019 e 2020), Sebrae (2021) e Claudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados (2021).

Comentários