É mentira e desserviço! Nicki Minaj cita argumentos anti-vacina bizarros – como testículos inchados e impotência

nicki
Postagem foi realizada no Twitter da cantora (Reprodução/@nickiminaj/Instagram)

A rapper Nicki Minaj fez uma postagem com informações falsas sobre a vacina contra a Covid-19. Nas redes sociais, ela publicou que um amigo do primo ficou com impotência sexual após ser imunizado. Ela ainda não tomou a vacina. Especialista entrevistado pelo BHAZ reforça que está descartada a possibilidade disso acontecer e destaca que, na verdade, é a contaminação pela doença pode deixar o homem impotente.

“Meu primo, em Trinidad, não vai tomar a vacina porque um amigo dele pegou e ficou impotente. Seus testículos incharam”, publicou. A artista completou a postagem dizendo que, devido à impotência sexual provocada pela vacina, o rapaz teve o casamento cancelado após as complicações.

“Agora a garota cancelou o casamento. Então, apenas olhe sobre isso e certifique-se de que você está confortável com sua decisão, não intimado”. Nicki Minaj ainda não se vacinou contra a Covid-19.

postagem nicki
Postagem da cantora traduzida (Reprodução/@NICKIMINAJ/Twitter)

Antes da cerimônia do MET Gala, realizada na última segunda-feira (13), Nicki afirmou que só vai tomar o imunizante quando pesquisar “o suficiente”. “Eles querem que eu me vacine para ir ao MET. Se eu me vacinar, não [será] pelo MET. Será quando eu sentir que pesquisei o suficiente. Estou trabalhando nisso agora. Enquanto isso, meus amores, fiquem seguros”.

A artista tem mais de 157 milhões de seguidores no Instagram e 22,6 milhões no Twitter. Ela pediu para os internautas respeitarem as normas de prevenção contra a Covid. “Usem a máscara com duas tiras que cubram sua cabeça e rosto. Não aquela larga”.

‘Desserviço’

Os números de seguidores de Nicki demonstram a multidão de pessoas que acompanham as postagens da rapper. Para o médico infectologista Leandro Curi, a publicação sobre o efeito colateral da vacina é um “desserviço para a sociedade”.

“Toda vacina tem efeito colateral. Tem casos de vacinas que provocam trombose, dor de cabeça, mas são efeitos adversos e raros. Não se viu estudo falando de questão urológica igual falado pela cantora com relação à vacina da Covid”, diz em entrevista ao BHAZ.

O especialista destaca que a vacina não provoca a impotência sexual e ressalta que a Covid pode. “Temos relatos de lesões de vasos sanguíneos causadas pelo coronavírus e que podem levar à impotência sexual. A vacina não pode causar, mas a infecção pela Covid, sim. Se for colocar na balança, é muito mais fácil e vantajoso escolher o que quer”.

Curi reforça a necessidade das pessoas apresentarem dados científicos antes de sair espalhando relatos sobre possíveis reações da vacina. “Qualquer coisa que falar sem provar, são palavras ao vento. Toda pessoa com poder de voz e que fala sem conhecimento científico, presta um desserviço para a sociedade. Celebridades, sejam estrangeiras ou brasileiras, têm que mostrar estudo para não ficar no achismo”, conclui.

Edição: Vitor Fernandes
Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política. Teve reportagens agraciadas nos prêmios CDL (2018, 2019 e 2020), Sebrae (2021) e Claudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados (2021).

Comentários