Pesquisar
Close this search box.

Lanches, kit-frio e banho: Serraria Souza Pinto vai oferecer abrigo para até mil moradores de rua

Por

população de rua serraria souza pinto BH
BH terá grande estrutura para receber população de rua (Amanda Dias/BHAZ + Paulo Lacerda/Fundação Clóvis Salgado)

A partir da próxima segunda-feira (8), a Serraria Souza Pinto, no Centro de Belo Horizonte, vai se transformar em um centro de referência para a população em situação de rua durante o período de pandemia da Covid-19. No local, será disponibilizado atendimento social, local para tomar banho, distribuição de lanches, kit-frio e café da manhã.

O projeto pretende atender cerca de mil pessoas diariamente. Além dos serviços, o local também servirá para triagem: as pessoas que apresentarem sintomas do novo coronavírus serão levadas para unidades hospitalares.

“É a primeira cidade do Brasil a fazer algo do tipo, é um marco importante para ajudar essas pessoas”, afirma ao BHAZ a representante da Pastoral da Rua, Maria Cristina Bove.

Idosos e pessoas com comorbidades serão encaminhadas para abrigos e pousadas. Durante o fim de semana, será disponibilizado também um café da manhã para a população de rua.

Ao todo, serão mais de 150 hospedagens disponíveis para receber pessoas em grupo de risco que estão nas ruas.

‘Dura realidade’

Diariamente, o local funcionará das 8h às 16h, com capacidade para receber 600 pessoas. No entanto, com a distribuição de lanches e kit-frio (composto por sacos de dormir e roupas de frio), além dos serviços sociais, o número de atendidos pode chegar a mil pessoas.

“Tomara que ajude bastante, pois estamos em uma situação de pandemia que mostrou como é dura a realidade dessas pessoas. É o momento de ficar em casa, mas eles não têm para onde ir”, diz Maria Cristina.

“Precisamos mudar a visão da sociedade e do capital, pois muitos pensam no dinheiro e não pensam no social. É injusto viver em uma sociedade onde alguns podem se proteger enquanto outros morrem nas ruas”, complementa.

Rafael D'Oliveira

Repórter do BHAZ desde janeiro de 2017. Formado em Jornalismo e com mais de cinco anos de experiência em coberturas políticas, econômicas e da editoria de Cidades. Pós-graduando em Poder Legislativo e Políticas Públicas na Escola Legislativa.

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ