Encontro de bilhões: Elon Musk e Rubens Menin almoçam juntos e atleticanos se empolgam

menin e elon musk
Em uma rede social, um dos filhos de Menin compartilhou fotos do almoço entre bilionários e o encontro logo repercutiu (Reprodução/Redes sociais)

O empresário Rubens Menin, um dos maiores investidores do Galo, empolgou os torcedores alvinegros ao aparecer ao lado do bilionário Elon Musk nessa sexta-feira (20). Em uma rede social, um dos filhos de Menin compartilhou fotos do almoço entre bilionários e o encontro logo repercutiu entre os atleticanos.

“O Elon Musk almoçou com o Rubens Menin, ou seja, a filial do Galo em Marte já é uma realidade”, brincou um torcedor do Galo no Twitter. “E o Rubens Menin que estava em um almoço hoje com o Elon Musk. Certamente o bilionário sul-africano-canadense estava pedindo conselhos financeiros”, comentou outro usuário da rede social.

O dono das empresas Tesla e SpaceX desembarcou no interior de São Paulo ainda ontem (20) para se encontrar com o presidente Jair Bolsonaro (PL), além de outros políticos e empresários. O objetivo da visita é firmar uma parceria com o governo brasileiro para a implementação de uma tecnologia de banda larga em 19 mil escolas de zonas rurais (veja abaixo).

Encontro com Bolsonaro

Nessa sexta-feira (20), o Governo Federal promoveu um encontro com representantes do setor público e privado para debater a ampliação da conectividade da Amazônia e ações para reforçar a preservação da floresta. O evento aconteceu no município de Porto Feliz, no interior de São Paulo, e contou com a presença do empresário Elon Musk e do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Por meio de suas redes sociais, Musk anunciou que irá conectar 19 mil escolas não conectadas em áreas rurais de todo o Brasil e apoiar o governo brasileiro a monitorar a floresta amazônica com uso de tecnologia avançada.

Segundo Bolsonaro, a passagem de Musk pelo Brasil irá contribuir com as impressões internacionais a respeito das ações de preservação da Amazônia desenvolvidas pelo governo federal. “A chegada dos satélites irá nos ajudar a preservar. Agora, precisamos também desenvolver aquela região, que é riquíssima em biodiversidade e em riquezas minerais”, afirmou.

Edição: Roberth Costa
Larissa Reislarissa.reis@bhaz.com.br

Graduada em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e repórter do BHAZ desde 2021. Vencedora do 13° Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão, idealizado pelo Instituto Vladimir Herzog.

Comentários