Galo, Cruzeiro e mais clubes lamentam morte de Jô Soares e compartilham lembranças com o apresentador

jo soares clubes futebol
Muitos clubes de futebol postaram homenagens para Jô Soares (Reprodução/Twitter/@FluminenseFC + Reprodução/Twitter/@SaoPauloFC)

Os clubes mineiros Atlético e Cruzeiro lamentaram a morte do apresentador, escritor, diretor e humorista Jô Soares, anunciada na madrugada desta sexta-feira (5). Além dos dois times, diversas outras agremiações esportivas também homenagearam Jô Soares.

O artista de 84 anos estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, desde 28 de julho. A causa da morte ainda não foi divulgada. Nas redes sociais, famosos prestaram homenagens. Confira algumas delas:

Atlético e Cruzeiro

Ao lamentar “profundamente o falecimento de Jô Soares”, o Galo relembrou um evento no qual o apresentador participou em 1977 junto a Valmir Pereira, presidente do clube na época.

O Cruzeiro agradeceu as contribuições do trabalho de Jô para diversas áreas: “Obrigado por tudo, Jô. Um beijo pro gordo!”, postou o perfil oficial do clube.

Fluminense, time do coração de Jô

“O Fluminense lamenta profundamente a morte do apresentador, humorista, ator e escritor Jô Soares, um dos principais nomes do cenário cultural brasileiro e Tricolor de coração. Desejamos muita força aos amigos e familiares”, postou o clube.

O clube também postou um vídeo de quando o atacante Fred foi entrevistado no Programa do Jô. Na ocasião, o apresentador ganhou uma camisa do tricolor carioca. Assista:

Palmeiras

Ao chamar Jô de “ícone da comunicação nacional”, o time paulista relembrou a ida do ídolo Marcos no programa apresentado por Jô. Assista:

São Paulo

Na postagem de condolências, o São Paulo compartilhou um registro da entrevista com o ídolo Rogério Ceni. “O dia é de reverência e homenagem a Jô Soares, um dos grandes ícones da televisão, do teatro, da comunicação, da teledramaturgia, do humor… Um artista completo”, postou o tricolor paulista.

Santos

O Santos relembrou a entrevista de Jô com os jogadores do clube feita em 2010, quando Neymar já era o principal astro do time. Na época, o time paulista era líder do campeonato estadual.

Corinthians

O Corinthians, por sua vez, agradeceu “cada risada, cada programa e cada madrugada juntos” com o apresentador icônico da televisão brasileira.

Botafogo

Para o Botafogo, “o dia amanheceu triste” após uma “perda irreparável para a televisão brasileira”. O clube também agradeceu ao apresentador por “proporcionar tantos momentos de alegria”.

Flamengo

O Flamengo também lamentou o falecimento do artista e expressou “sentimentos aos familiares e amigos neste momento tão triste”.

Vida e carreira

José Eugênio Soares nasceu no Rio em 16 de janeiro de 1938. Aos 12 anos, mudou-se para a Europa com os pais, o empresário paraibano Orlando Heitor Soares e a dona de casa Mercedes Leal Soares.

A carreira na televisão começou na TV Record, em 1961, onde atuou em programas como “La Reuve Chic”, “Jô Show” e “A Família Trapo”. Em 1970, foi para a TV Globo, com “Faça Humor, Não Faça a Guerra”. Entre 1973 e 1981, participou de “Planeta dos Homens”, como ator e redator.

A partir de meados de 1981, deu início ao que seria um dos programas de maior sucesso da TV brasileira: o humorístico “Viva o Gordo”, que lançou personagens históricos.

Edição: Roberth Costa
Beatriz Kalil Otherobeatriz.othero@bhaz.com.br

Jornalista formada pela UFMG, é colaboradora do BHAZ desde 2020. Participou de reportagens premiadas pela CDL/BH em 2021 e 2022, e pela Rede de Rádios Universitárias do Brasil em 2020.

Comentários