Messi já confrontou técnico Guardiola para beber refrigerante antes de jogo

messi
Messi viveu o episódio quando jogava no Barcelona; atualmente, está no PSG (Reprodução/Instagram/@leomessi)

Dono de inúmeros prêmios individuais e com dezenas de títulos conquistados na carreira, Lionel Messi, o craque do PSG, possui algumas histórias curiosas ao longo da carreira. Uma delas é relacionada a um hábito pouco saudável que o craque teve dificuldades para deixar para trás: o gosto por refrigerantes, principalmente Coca-Cola.

Na temporada 2008/09, quando ainda atuava pelo Barcelona, o técnico Josep Guardiola proibiu o jogador de tomar refrigerante no vestiário durante uma preleção antes de um jogo. A reação de Messi foi inusitada, e diante do treinador e colegas de time, pegou uma latinha de Coca-Cola, abriu e bebeu.

O técnico sueco Hans Backe contou a história curiosa ao público em 2013. Ele ficou sabendo do caso quando treinou o New York Red Bulls na época que os ex-colegas de Messi no Barça, Rafa Márquez e Thierry Henry, jogavam no clube.

Refri e chocolate

Messi ou Guardiola nunca confirmaram a história e são grandes amigos até hoje, desde quando foram companheiros de clube catalão. Mesmo assim, o argentino já confessou gostar bastante de refrigerante desde quando era adolescente, e também tinha o costume de beber Coca-Cola antes dos jogos.

Em 2018, o atleta revelou que possuía o hábito de vomitar em campo e nos vestiários em decorrência de uma alimentação desregrada ainda durante a vida de atleta. Na época, ele afirmou que alguns alimentos eram os principais responsáveis pelos incômodos no estômago.

“Comi mal durante muitos anos, já com 22, 23 anos. Eram chocolates, alfajores e refrigerante. Agora como bem. De vez em quando tomo um vinho, mas que não me faz mal. Notei muita mudança com a questão dos vômitos. Falaram muitas coisas [sobre as causas dos vômitos]. No fim, eu melhorei e não tive mais [vômitos]”, afirmou na época.

Mudança de alimentação

Como disse Messi, o craque possui uma equipe de nutricionistas à disposição e come refeições de maneira mais saudável nos últimos anos. Porém, após a reeducação alimentar, não se sabe se ele deixou de beber a “coquinha” de forma definitiva, mas com certeza, precisou reduzir o consumo do refrigerante.

Prêmio de Melhor do Mundo

Atualmente, junto a Lewandowski (Bayern de Munique) e Salah (Liverpool), Messi concorre ao prêmio de melhor jogador do mundo da FIFA, conhecido como “The Best”. A cerimônia acontece nesta segunda-feira (17), em Zurique, na Suíça, cidade onde está localizada a sede da entidade máxima do futebol. Porém, em decorrência da pandemia de Covid-19, não terá público, assim como na edição passada.

Edição: Giovanna Fávero
Beatriz Kalil Otherobeatriz.othero@bhaz.com.br

Mineira de BH, graduanda em jornalismo pela UFMG e fascinada por futebol, dentro e fora das quatro linhas. Cobre esportes para o BHAZ. Participou de reportagem premiada pela CDL/BH em 2021 e de reportagens premiadas pela Rede de Rádios Universitárias do Brasil em 2020.

Comentários