PSG paga a Neymar bônus de mais de R$ 3 milhões para jogador ser ‘simpático’, diz jornal

neymar
Neymar joga no PSG desde 2017 (Reprodução/@neymarjr/Instagram)

Detalhes do contrato de Neymar com o PSG (Paris Saint-Germain Football Club) revelam que o jogador recebe cerca de 500 mil euros para ser simpático. Nesta segunda-feira (6), o jornal El Mundo divulgou que o valor bruto para o atleta ser “cortês, pontual, simpático e acessível aos torcedores” é de 541.680 euros, o que equivale, atualmente, a R$ 3.325.915,20.

O PSG chama esse valor pago de bônus ético, e dentro desse acordo, Neymar é obrigado a “cumprimentar e agradecer os torcedores antes e depois de cada jogo”. A mesma cláusula proíbe que o camisa 10 faça críticas públicas a aspectos táticos da equipe, e nem “comentários públicos negativos sobre o clube, quem nele trabalha e quem o faz”.

Custos de Neymar a quase meio milhão de euros

Segundo uma publicação anterior do jornal El Mundo, desde o primeiro contrato com o PSG até o termino de sua renovação, bem como a multa rescisória para retirar Neymar do Barcelona, o jogador terá custado cerca de 489.228.117 de euros ao clube, até 2025. Esse valor equivale a mais de R$ 3 bilhões.

O primeiro contrato de Neymar, válido de 2017 até 2022, com renovação para 2023, estabelecia um salário anual bruto de 43.334.400 de euros. No mês de maio deste ano, o atleta renovou com o PSG até 2025, rendendo um bônus de 50.556.117 de euros.

PSG faz parceria com Dior

Nesta segunda-feira, o PSG anunciou que fez uma parceria de 2 anos com a marca de luxo Dior, para vestir seus jogadores. Essa é a primeira vez que a grife assina com um clube esportivo e, sendo assim, será a principal alfaiate dos atletas do time.

“PSG e Dior assinaram uma parceria de 2 anos. A partir desta temporada, Dior criará o guarda-roupa oficial do clube parisiense e vestirá a equipe Red & Blue. Esta é a primeira vez que a Dior faz uma parceria com um clube esportivo”, escreveu o Paris Saint-Germain. Veja o anúncio:

Edição: Vitor Fernandes
Andreza Miranda
Andreza Mirandaandreza.miranda@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários