Ronaldo, do Cruzeiro, se tornará cidadão honorário de Minas por ‘relevantes serviços prestados’

ronaldo cruzeiro cidadão honorário minas
Na década de 1990, Ronaldo marcou 56 gols em 58 jogos com a camisa do Cruzeiro (Reprodução/Twitter/@Cruzeiro + Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Ronaldo Nazário, o sócio majoritário da Cruzeiro SAF, receberá o título de cidadão honorário do Estado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). O Projeto de Resolução (PRE) 183/22, de autoria da Mesa da Assembleia, foi aprovado pelo Plenário na manhã de hoje (21) em turno único. Ainda sem data definida, a cerimônia de entrega da honraria ao Fenômeno será agendada em breve.

Destaque do pentacampeonato da Copa do Mundo da seleção brasileira em 2002, o ex-atacante de clubes como Cruzeiro, Real Madrid e Inter de Milão receberá o título devido aos “relevantes serviços prestados a Minas Gerais”. Entre 1993 e 1994, Ronaldo marcou impressionantes 56 gols em 58 jogos com a camisa do time celeste. Hoje, é sócio majoritário da Cruzeiro SAF e vem obtendo êxito na gestão do time estrelado.

Na reunião para aprovar as condições de Ronaldo para a compra da SAF, ele foi ovacionado pelos conselheiros do Cruzeiro (Beatriz Kalil Othero/BHAZ)

Prêmios e marcas importantes

Ronaldo conquistou o prêmio de Melhor Jogador do Mundo pela FIFA nos anos de 1996, 1997 e 2002. No pentacampeonato de 2002, fez os dois gols do Brasil na final contra a Alemanha e foi o artilheiro da competição. Além disso, é o terceiro maior goleador da história da Seleção Canarinho, com 62 gols. No ranking geral, o ex-atleta é superado apenas por Pelé (77) e Neymar (74).

Em 2009, a revista Época considerou Ronaldo Nazário um dos 100 brasileiros mais influentes. Desde 2002, o carioca é Embaixador da Boa Vontade do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD/ONU). Nos dias atuais, o Fenômeno é empresário e sócio majoritário do time espanhol Real Valladolid e do brasileiro Cruzeiro.

Ronaldo no Valladolid

Dono de 80% das ações do clube espanhol desde 2018, Ronaldo Nazário comemorou bastante o acesso da equipe à elite, conquistado no último mês de maio. Afinal, após sua chegada, o time esteve na elite nas temporadas de 2018/19 e 2019/20, mas caiu para a segunda divisão em 2020/21. Agora, retorna à La Liga.

Em entrevista ao jornal espanhol “Diario de Valladolid“, Ronaldo comparou a emoção à conquista da Copa do Mundo na carreira de jogador: “Coloco coladinho no Mundial da Coreia e do Japão. Quando joguei, não sofri nada ou quase nada. Agora tenho esse sentimento com a equipe e com essa cidade impressionante”. “Agora os cabelos brancos começarão a aparecer, mas trabalhamos muito”, brincou o gestor (veja mais aqui).

valladolid ronaldo futebol
Ronaldo detém 80% das ações do clube espanhol (Twitter/Reprodução/@Ronaldo)

Ronaldo no Cruzeiro

Assim como o Valladolid, o Cruzeiro mira o acesso à primeira divisão. Durante o começo da gestão de Ronaldo, a equipe vem tendo resultados promissores e ocupa o G4 da Série B. Atualmente, a Raposa é líder do torneio, com 31 pontos em 39 disputados: são 10 vitórias, um empate e duas derrotas. Além disso, neste ano, o time também estabeleceu o recorde de público do Mineirão na temporada atual.

Vale lembrar que de acordo com o Departamento de Matemática da UFMG, a conquista de 66 pontos pode garantir 99,986% de chance de acesso nesta temporada (detalhes aqui). Após 13 jogos em 38 no total, decorrido pouco mais de 34% do torneio, o Cruzeiro já garantiu quase metade desse valor.

Além disso, sob o comando de Pezzolano, técnico contratado pela gestão de Ronaldo, o time celeste voltou a disputar uma final de Campeonato Mineiro pela primeira vez desde 2019. Na Copa do Brasil, a equipe conquistou uma vaga nas oitavas de final após duas temporadas de eliminações precoces.

Edição: Roberth Costa
Beatriz Kalil Otherobeatriz.othero@bhaz.com.br

Graduanda em jornalismo pela UFMG e fascinada por futebol, dentro e fora das quatro linhas. Cobre esportes para o BHAZ. Participou de reportagens premiadas pela CDL/BH em 2021 e 2022. Também produziu reportagens premiadas pela Rede de Rádios Universitárias do Brasil em 2020.

Comentários