Pesquisar
Close this search box.

Governo adia Enem dos Concursos em decorrência de fortes chuvas no RS

Por

enem dos concursos
Provas serão aplicadas em novembro (Rovena Rosa/Agência Brasil)

O governo federal adiou o Enem dos Concursos em decorrência das fortes chuvas que atingem o Rio Grande do Sul. O concurso seria realizado neste domingo (5) em todo o país.

De acordo com o ministro da Secretaria de Comunicação, Paulo Pimenta, 86 mil pessoas se inscreveram para fazer provas do CNU em 10 cidades do Rio Grande do Sul. No país foram cerca de 2,5 milhões de inscritos.

“O compromisso do governo [é] que ninguém seja prejudicado. Ninguém pode deixar de participar do concurso porque está numa cidade em situação de emergência ou está numa cidade em que o bloqueio impede acesso à cidade onde vai ter a prova”, disse Pimenta em entrevista à emissora oficial do governo.

Ainda não há uma data definida para a aplicação das provas do Enem dos Concursos.

As fortes chuvas no Rio Grande do Sul e Santa Catarina nos últimos dias causaram pelo menos 37 mortes, ferimentos, desaparecimento de pessoas,  deslizamentos, alagamentos e diversos estragos em cidades dos dois estados.

Enem dos concursos

O concurso unificado visa contratar 6.640 servidores para 21 órgãos públicos federais. Em nota, o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos destacou que a proposta é democratizar o acesso aos quadros federais e permitir que candidatos alinhem suas vocações às oportunidades oferecidas.

Entre os requisitos para se candidatar às vagas do “Enem dos concursos“, estão: ter nacionalidade brasileira ou portuguesa, estar em dia com obrigações eleitorais e militares e ter formação em graduações específicas para alguns dos cargos.

“Ou seja, uma pessoa até pode obter pontuação para ser aprovada, mas se não apresentar a formação exigida, não poderá assumir o cargo. As exigências de formação variam a cada cargo e órgão participante. É preciso redobrar a atenção na hora das escolhas”, alerta o ministério.

O concurso terá validade de 12 meses, podendo ser prorrogado por mais 12 meses. “Pessoas aprovadas para cargos que, porventura, não sejam o da primeira opção selecionada no momento da inscrição, continuarão em lista de espera para o principal posto desejado”, reforçou a pasta.

Roberth R Costa

De estagiário a redator, produtor, repórter e, desde 2021, coordenador da equipe de redação do BHAZ. Participou do processo de criação do portal em 2012; são 11 anos de aprendizado contínuo. Formado em Publicidade e Propaganda e aventureiro do ‘DDJ’ (Data Driven Journalism). Junto da equipe acumula 10 premiações por reportagens com o ‘DNA’ do BHAZ.

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ