Pesquisar
Close this search box.

Nível do Guaíba desce, mas Inmet alerta para chuvas de até 100mm

Por

rio grande do sul evento climático extremo
Alerta é válido até as 18h deste domingo (Ricardo Stucket/Agência Brasil/Divulgação)

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) publicou, na manhã deste sábado (11), novo alerta de chuvas intensas para o Rio Grande do Sul. Até as 18h deste domingo (12), são esperados ventos intensos e precipitação de até 100 milímetros. O aviso tem grau de severidade laranja e representa risco de descargas elétricas e novos alagamentos.

O alerta é válido para 10 regiões do estado. São elas: Noroeste Rio-grandense, Centro Ocidental Rio-grandense, Sudoeste Rio-grandense, Metropolitana de Porto Alegre, Sudeste Rio-grandense, Nordeste Rio-grandense, Grande Florianópolis, Sul Catarinense, Centro Oriental Rio-grandense, Serrana.

Para conferir a lista completa de municípios em estado de alerta no Rio Grande do Sul, segundo o Inmet, clique aqui.

Boletim

Também na manhã deste sábado (11), a Defesa Civil do Rio Grande do Sul atualizou o boletim sobre a catástrofe no estado. Atualizado, o número de mortos confirmados subiu para 136. Há ainda 756 pessoas feridas, enquanto 125 seguem desaparecidas.

No começo da tarde deste sábado, o nível do Guaíba caiu cerca de 10 centímetros em relação à manhã.

Os números da Defesa Civil apontam 71.398 pessoas em abrigos, 339.928 desalojadas e um total de 1.951.402 pessoas afetadas. Desses, o boletim contabiliza 74.153 pessoas e 10.348 animais resgatados. Até o momento, 444 municípios gaúchos foram atingidos pelos fortes temporais que prevalecem desde o fim de abril.

Ainda de acordo com a Defesa Civil do estado, até as 7h, o nível do Rio Guaíba, na capital Porto Alegre, havia baixado para 4,59 metros (m). Já o nível da Lagoa dos Patos chegou a 2,48 m na tarde de sexta-feira (10), sendo que a cota de inundação no local é de 1,30 m.

Em caso de chuva forte

Junto com o alerta, o Inmet publicou instruções para se prevenir em caso de fortes chuvas. São elas:

  • Não se abrigue debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda;
  • Se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia.
  • Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Como ajudar os afetados?

Doações para o Rio Grande do Sul estão sendo coletadas em postos espalhados pela cidade de Belo Horizonte.

Para facilitar as doações financeiras, o governo do estado ativou a chave Pix (CNPJ) 92.958.800/0001-38, que recebe qualquer quantia em dinheiro.

Thiago Cândido

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais. Colunista no programa Agenda da Rede Minas de Televisão. Estagiário do BHAZ desde setembro de 2023.

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ