Castelo inflável é levado pelo vento e deixa cinco crianças mortas em escola na Austrália

castelo inflável austrália
O castelo inflável chegou a ficar a dez metros do chão após ser atingido pelo vento (Reprodução/ABC News/Monte Bovill)

O que era para ser uma comemoração de fim de ano em uma escola primária na pequena cidade de Davonport, na Austrália, virou uma tragédia. Nessa quinta-feira (16), a cidade na ilha da Tasmânia ficou em luto depois que cinco crianças morreram e várias ficaram feridas após o castelo inflável em que estavam, um tipo de pula-pula, subir dez metros no ar e despencar. As informações são da CBS News.

Ainda não se sabe o motivo específico de o castelo inflável ter sido suspenso no ar, mas ele acabou afetado por fortes rajadas de vento que atingiram o local. Além das cinco vítimas fatais, outras crianças ficaram feridas e uma está em estado grave.

A polícia não informou quantas crianças foram envolvidas no acidente e não respondeu se o castelo estava preso ao chão. Elas participavam de um evento de final de ano programado pela escola em colaboração com os pais. Além do castelo inflável, havia um tobogã, uma área de artes, atividades manuais e uma área de jogos.

‘Deveriam estar comemorando’

A polícia local disse ter ficado devastada com o ocorrido na pequena cidade de apenas 25 mil habitantes. Darren Hine, chefe de polícia da ilha da Tasmânia afirmou que “era um dia em que as crianças deveriam estar comemorando o último dia de escola”. “Nós estamos em luto pela perda das criança”, completou. Scott Morrison, primeiro-ministro da Austrália, chamou o acidente de “devastador”.

Monte Bovill, repórter da ABC News, fez várias postagens no Twitter acompanhando o caso. Na legenda de uma das imagens, que mostra os policiais no local, ele disse: “Cena devastadora no noroeste da Tasmânia. Os pais têm corrido para a escola para buscar seus filhos após um grande incidente no último dia do ano letivo”.

Outra foto do repórter mostra como os policiais ficaram impactados com o acidente com o castelo inflável. Na descrição da imagem ele diz: “Várias crianças caíram de uma altura de 10 metros, causando ferimentos graves, depois que o vento soprou no ar um castelo em uma escola primária no noroeste da Tasmânia”.

Escola pede urgência

No início do dia que deveria ser de celebração, a escola primária Hillcrest fez um post sobre o evento no Facebook. “O ojetivo do dia é comemorar um ano de sucesso e aproveitar algumas atividades divertidas com os colegas de classe”.

Mais tarde, momentos após a tragédia, a mensagem foi atualizada para a seguinte: “Aconteceu um acidente na área da nossa escola. Vamos fechar a escola pelo resto do dia. Pedimos que os pais venham buscar seus filhos com urgência”.

Edição: Giovanna Fávero
Giulia Di Napoligiulia.di.napoli@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários