Criança de 6 anos se recusa a tirar máscara para foto da escola e recebe quase R$ 200 mil por atitude

Mason Peoples máscara
“Eu sempre escuto a minha mãe”, disse o garoto ao fotógrafo (Reprodução/@nicole.tucker.311/Facebook)

Um aluno de apenas seis anos se recusou a tirar a máscara para ser fotografado na escola. Mason Peoples provou que segue à risca as ordens da mãe ao dizer ao fotógrafo que tinha sido instruído por ela a tirar a máscara apenas quando estivesse comendo. O caso ganhou repercussão na internet e uma “vaquinha” virtual foi criada para ajudá-lo nos custos da faculdade futuramente.

Nicole Peoples, mãe de Mason, compartilhou o diálogo entre o filho e o fotógrafo pelo Facebook:

Fotógrafo: Ok, tire sua máscara.

Mason: Minha mamãe disse para eu ficar o tempo todo com ela, a menos que eu esteja comendo e longe de todo mundo.

Fotógrafo: Eu tenho certeza que é OK tirar para as suas fotos.

Mason: Não, minha mãe me disse seriamente para me certificar de manter a máscara.

Fotógrafo: Tem certeza que você não quer tirar por 2 segundos?

Mason: Não, obrigado, eu sempre escuto minha mamãe.

Fotógrafo: Ok, diga “queijo”!

“Estou muito orgulhosa dele por ter cumprido sua palavra, mas deveria ter sido mais clara sobre minhas regras neste dia [da foto]”, brincou a mãe na legenda da publicação. Ela também postou a foto do filho no dia em questão.

‘Vaquinha’ arrecada quase 200 mil reais

A postagem rendeu milhares de curtidas e compartilhamentos. “Mason e eu estamos radiantes e maravilhados com a demonstração de amor que recebemos por causa de sua foto na escola. Ele leu muitos dos seus comentários com o maior sorriso no rosto! Ele está tão feliz em ver tantas pessoas orgulhosas dele e dizendo que ele fez um trabalho tão bom! Ele está tão orgulhoso!”, escreveu a mãe ao atualizar a publicação.

Segundo Nicole, muitas pessoas perguntaram a ela como poderiam enviar dinheiro para que o menino fosse recompensado pela sua conduta. Os internautas queriam presenteá-lo com sorvete ou até mesmo ajudá-lo a pagar a faculdade futuramente. Diante dos pedidos, a mãe criou uma “vaquinha” virtual para que as pessoas doassem a quantia que quisessem.

Até a manhã desta segunda-feira (4), 1,7 mil pessoas já haviam doado mais de 36 mil dólares – o equivalente a cerca de R$ 196 mil. “Obrigado novamente por suas palavras gentis e apoio mostrando a ele que seguir as instruções pode fazer uma GRANDE diferença”, finalizou.

Edição: Vitor Fernandes

Comentários