Jovem de 26 anos viaja da Guatemala aos EUA em trem de pouso de avião e sobrevive

homem 26 anos viajou trem de pouso
Jovem foi abordado por outros dois homens (Reprodução/@YidInfoNews/Twitter)

Um jovem de 26 anos sobreviveu a um voo da Guatemala para Miami, nos Estados Unidos, depois de se esconder no compartimento do trem de pouso do avião. O voo direto da American Airlines da Cidade da Guatemala para o Aeroporto Internacional de Miami tem duração de 2h30 a 2h45, de acordo com o site da companhia. O viajante foi detido pelas autoridades. As informações são do The New York Times.

O voo 1182 pousou no aeroporto pouco depois das 10h do último sábado (27), segundo Alfredo Garduño, porta-voz da companhia aérea. Um vídeo de 25 segundos postado no Instagram no sábado mostra um jovem parado na pista a poucos metros das rodas de um avião. Dois outros homens com coletes amarelos estão ao lado dele.

O viajante parece tonto e se senta no chão. O vídeo então se move em direção ao avião e mostra um pequeno compartimento dentro da aeronave onde as rodas e o trem de pouso foram colocados durante o voo e onde teria ficado o jovem durante a viagem .

Segundo Garduño, assim que o avião pousou, ele foi recebido pela polícia. A companhia aérea estava trabalhando com agências de segurança pública.

Atividade perigosa

A Alfândega e Proteção de Fronteiras dos EUA disseram que os agentes levaram sob custódia um jovem de 26 anos “que tentou evitar ser detectado no compartimento do trem de pouso de uma aeronave” que chegou a Miami da Guatemala na manhã de sábado. O viajante, cujo nome não foi divulgado, foi levado a um hospital para uma avaliação médica, segundo a agência.

“As pessoas correm riscos extremos quando tentam se esconder em espaços confinados, como uma aeronave”, disseram em um comunicado. “Este incidente continua sob investigação.”

O site de rastreamento de voos FlightAware.com diz que a American Airlines usa um Boeing 737-800 para seus voos da Cidade da Guatemala para Miami.

Em um comunicado, a Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos disse que 129 pessoas tentaram se esconder “nos poços das rodas ou em outras áreas de aeronaves comerciais” em todo o mundo desde 1947. Destes, 100 morreram de ferimentos ou exposição durante o vôo.

Edição: Vitor Fernandes

Comentários