Modelo é expulsa de avião após recusar, por quatro vezes, solicitação para uso de máscara

katie-price
Fontes próximas à modelo alegam que ela tirou a máscara para falar no telefone (Reprodução/@katieprice/Instagram)

A modelo britânica Katie Price, de 43 anos, acabou sendo expulsa de um voo para os Estados Unidos, nessa terça-feira (9), após negar quatro solicitações para utilizar máscara de proteção contra a Covid-19. Segundo uma fonte próxima à mulher, ela havia tirado o acessório de proteção para atender o telefone, e que Katie não foi expulsa, e sim “escolheu sair” do voo.

De acordo com uma mulher que estava no voo publicou no Twitter, Price estava indo de Nove York para Las Vegas quando foi expulsa do voo. “@KatiePrice acabou de ser expulsa do nosso voo de Nova York para Las Vegas com o namorado dela!! Tão irritante e constrangedor. Use sua maldita máscara, valeu a pena?”

Modelo ignorou aviso de expulsão

Em seu relato, a testemunha disse que após recusar a colocar a máscara, a modelo recebeu o aviso de que seria retirada do avião e disse para a equipe “seguir em frente”. “Aparentemente, foi-lhe pedido quatro vezes para colocar a máscara e ela recusou”, contou a mulher

“Quando foi avisada de que seria retirada do avião, ela disse para seguir em frente. Eles não tinham ideia de quem ela era – Carl [o namorado] parecia mortificado. Ela disse-me: ‘Eu não fiz nada!’. Tão embaraçosos”, completou.

Katie ‘escolheu sair’ do voo

De acordo com o Mirror, uma fonte próxima a Katie Price disse que ela “escolheu sair” do avião pois estava falando com seus filhos no telefone quando foi instruída sobre a máscara. “Ela simplesmente saiu e apanhou o próximo voo – não houve grande drama”, afirmaram.

Ao saber da versão publicada pelo jornal, a testemunha que fez o relato no Twitter disse que a modelo não saiu por escolha. “Ela não optou por deixar a aeronave. Eles tiveram que chamar a segurança porque ela não se moveria – a menos que a cabine Crewe estivesse mentindo para o piloto”, defendeu. Atualmente, Katie está aguardando sentença por um acidente de trânsito.

Companhia aérea exige máscaras

Um porta-voz da companhia aérea Delta, a mesma que Katie Price utilizou, se pronunciou sobre o uso de máscaras. “De acordo com o mandato federal dos EUA, a Delta exige que todos os seus clientes com mais de 2 anos usem uma cobertura facial durante a viagem”.

“Os clientes podem baixar temporariamente suas máscaras para comer ou beber, mas devem permanecer em todos os outros momentos. A segurança de nossos clientes e funcionários é sempre nossa prioridade”, informou.

Edição: Vitor Fernandes
Andreza Mirandaandreza.miranda@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Comentários