Mulher acompanha amiga no parto e descobre que o próprio marido é pai da criança

Hailey Mae
Hailey percebeu marca de nascença igual à do marido (Reprodução/@haileymae93/TikTok)

Uma mulher de 28 anos que trouxe a amiga grávida para dentro de casa acabou tendo uma surpresa depois de ajudar no trabalho de parto. Enquanto trocava a roupa da recém-nascida, a mulher percebeu uma marca de nascença e descobriu que a criança é filha do marido dela.

O caso contado pela estadunidense Hailey Mae Custer, de 28 anos, viralizou no TikTok no último mês e já conta com mais de 3,5 milhões de visualizações. No aplicativo de vídeos, ela detalhou a história e contou que não está mais casada com o homem, com quem também tem filhos.

@haileymae93

It makes you stronger for sure. ##wedrecover ##abusesurvivor ##sobrietytok

♬ original sound – aylingonzalez55

A mulher, que superou um vício em substâncias não citadas e está sóbria há mais de quatro anos, descobriu que sua amiga estava grávida e havia começado a usar drogas. “Eu só quis fazer o que era o certo e garantir que ela estava segura”, conta.

Hailey Mae levou a amiga a consultas médicas e a acompanhou ao hospital para o parto. Lá, ela até usou a pulseira que normalmente é concedida ao pai e deu o primeiro banho na criança. Três dias depois, no entanto, ela descobriu quem era o pai do bebê.

Foi uma marca de nascença na recém-nascida – um pedaço “extra” de cartilagem que fica do lado do pescoço – que entregou a traição. Hailey conta que a marca é igual à do então marido, e um dos filhos que eles têm juntos também herdou a característica. “Eu soube exatamente que a filha era dele”, diz.

Perdão

Ao jornal britânico The Sun, Hailey Mae Custer contou que ficou em estado de choque quando percebeu a marca de nascença. Naquele momento, ela olhou para a amiga e viu que ela estava de cabeça baixa e já tinha notado o que havia acontecido.

“Eu saí da casa e só rezei. Você fica em choque, fica com raiva, e depois chega à conclusão de que isso realmente está acontecendo, é a vida real”, relata.

A mulher refletiu sobre o assunto e percebeu que a criança, filha da amiga e do marido, era inocente e não merecia ir para a rua por uma coisa pela qual não tinha culpa. Hailey, então, resolveu perdoar a amiga e mantê-la dentro de casa.

“Eu pensei muito nos meus filhos, no fim do dia ela é irmã deles e eu não vou machucar essa criança. Então ela ficou com a gente”, completa. Em um vídeo no TikTok, ela comentou que também perdoou o marido para ter uma relação saudável com o pai dos filhos dela, mas pediu o divórcio.

Ela ainda contou que, depois do ocorrido, descobriu que o ex-marido a traiu com mais de 30 mulheres durante o casamento. “Eu precisei encontrar o perdão por mim e pelas crianças. Você pode superar tudo na vida, se entender que o perdão te cura de dentro para fora”, finaliza Hailey Mae.

Edição: Roberth Costa
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde 2019 e graduanda em jornalismo pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Participou de reportagens premiadas pelo Prêmio Cláudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados, pela CDL/BH e pelo Prêmio Sebrae de Jornalismo em 2021.

Comentários