Menina de 2 anos morre após ser atropelada por motorista embriagado e sem CNH em Minas

Rhanna Rafaela
Menina estava na porta de casa, com a avó (Reprodução/Redes Sociais)

Uma criança de dois anos morreu após ser atropelada na noite dessa terça-feira (1º), em Montes Claros, no Norte de Minas Gerais. O motorista, de 78 anos, estava embriagado e não tinha CNH (Carteira Nacional de Habilitação). O homem tentou fugir, mas foi contido por moradores da região, que o agrediram.

Segundo o relato da vó de Rhanna Rafaela Rodrigues, a menina estava com ela, em frente à residência, próximo da cerca da casa. O carro teria então atropelado a criança, arremessando-a ao solo. O pai da de Rhanna, que estava dentro da residência, ouviu os gritos e saiu para socorrer a filha.

Quando os militares chegaram ao local, o pai já havia levado a criança ao Hospital Alpheu de Quadros. Ela teve várias paradas cardiorrespiratórias e precisou ser intubada. Em estado grave, Rhanna chegou a ser transferida para a Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu durante a madrugada.

Motorista embriagado

Testemunhas relataram aos policiais que o motorista já vinha dirigindo pela via de forma irregular, chegando a encostar o veículo no portão de uma residência. Após o atropelamento, o homem tentou fugir do local, mas foi contido e agredido pela população. Ele teve traumas na face e uma fratura no nariz.

Os militares realizaram o teste do bafômetro no homem, que apresentou 0,78 miligramas por litro de ar expelido. Para ser considerado um crime de trânsito, basta que o índice esteja acima de 0,33 mg/L. O motorista também não levava consigo nenhum documento de identificação, nem a carteira de habilitação.

O homem teve que ser levado ao Hospital Santa Casa, por causa das agressões. Ele permanece no local, sob escolta policial, e será encaminhado para a delegacia assim que receber alta.

Polícia Civil investiga

Procurada pelo BHAZ, a Polícia Civil de Minas Gerais informou que a perícia esteve no local do atropelamento, para realizar os primeiros levantamentos. A corporação confirma que o suspeito foi ouvido e autuado em flagrante pela prática de homicídio culposo na direção de veículo automotor.

“Após os procedimentos de polícia judiciária, ele foi encaminhado ao sistema prisional. O veículo foi apreendido e será submetido à perícia. A investigação prossegue para completa apuração dos fatos”, complementa.

Edição: Giovanna Fávero
Guilherme Gurgelguilherme.gurgel@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco nas editorias de Cidades e Variedades no BHAZ.

Comentários