Minas recebe mais 101.600 doses de Coronavac nesta sexta-feira

20ª remessa vacina contra Covid-19 Minas
Aeroporto de Confins recebe mais uma remessa de vacina do Ministério da Saúde (BH Airport/Divulgação)

Minas Gerais recebeu mais 101.600 doses da vacina Coronavac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac e produzida, no Brasil, pelo Instituto Butantan, nesta sexta-feira (14). Essa remessa deve ser usada para completar a imunização daqueles que já receberam a primeira dose e estão em tempo hábil ou atrasados para tomar a segunda dose.

É importante que as pessoas que tomaram a primeira dose, mesmo que já tenham ultrapassado os 28 dias de intervalo ideal recomendado pelo fabricante da Coronavac, procurem o posto de saúde para receber a segunda dose. “Os estudos mostram que a imunidade é alcançada com a aplicação das duas doses”, afirma o secretário estadual de Saúde, Fábio Baccheretti.

Ainda segundo ele, um eventual atraso na aplicação da segunda dose não significa perder a efetividade da primeira, já que há uma margem entre as duas aplicações que permite esse atraso.

Mais 600 mil doses

Com a chegada da nova remessa, o estado totaliza 338.400 doses da Coronavac recebidas em maio, já que ontem (13), Minas recebeu um lote com 630.550 doses de vacinas contra a Covid-19, sendo 207.800 doses da Coronavac, além de 422.750 doses da AstraZeneca.

Da mesma forma, esta remessa de Coronavac deve ser destinada ao atendimento das pessoas em atraso com a segunda dose, de acordo com a realidade de cada município.

Já a AstraZeneca, deve ser usada para completar o esquema vacinal de idosos entre 65 e 69 anos, e a primeira dose para pessoas com comorbidades e deficiência.

A logística de distribuição dos lotes de ontem e hoje está sendo concluída e logo será divulgada, assim como os quantitativos para as 28 regionais e os 853 municípios.

Com Agência Minas

Comentários