Pesquisar
Close this search box.

Supermercado admite ter vendido sabão em pó falso em Minas Gerais

Por

sabao po falso minas

A rede de supermercados ABC admitiu que vendeu sabão em pó falso aos consumidores de Minas Gerais. O comunicado, divulgado nessa segunda-feira (3), está previsto no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o Ministério Público do estado.

No texto, a rede lamenta “qualquer inconveniente causado pela venda de sabão em pó falsificado, não adquirido diretamente da indústria fabricante”.

“Assumimos a nossa responsabilidade no caso e estamos comprometidos a fazer tudo ao nosso alcance para resolver essa questão e garantir que não ocorra novamente”.

Em janeiro deste ano, agentes do Ministério Público realizaram uma operação em Patos de Minas, na região do Alto Paranaíba, e apreenderam 102 caixas de sabão em pó, supostamente falsificados, após denúncia de uma consumidora.

O produto estava embalado em caixas estampadas com a marca OMO, da empresa Unilever, que estavam à venda nas lojas do supermercado.

Ao todo, a quantidade apreendida somava 1,7 tonelada. O mesmo sabão estaria sendo vendido em lojas da rede em vários municípios do estado.

Em 9 de maio, a responsável pela fabricação do produto apresentou laudos comprovando falsificação em seis lotes. Os fiscais detectaram a fraude ao verificar o uso de cola quente para fechar a embalagem.

“Se tratava de uma falsificação quase perfeita, até mesmo os fiscais do Procon-MG ficaram na dúvida sobre a autenticidade do sabão em pó”, afirma o promotor de Justiça Carlos Eduardo Avanzini.

Além do processo administrativo, o Ministério Público de Minas instaurou um procedimento investigatório criminal.

“Por envolver uma grande rede de supermercado, com abrangência em todo estado de Minas Gerais, foi instaurado o procedimento investigatório criminal para apurar as responsabilidades penais das pessoas responsáveis”, finaliza o promotor.

João Lages

Repórter no BHAZ desde setembro de 2023. Jornalista com 4 anos de experiência em veículos de comunicação. Fez cobertura de casos que têm relevância nacional e internacional. Com passagem pela RecordTV Minas, também foi produtor e editor de textos na Record News.

Mais lidas do dia

Leia mais

Acompanhe com o BHAZ