Teorias e técnicas: UFMG oferece curso gratuito sobre regulação das emoções

UFMG
Formação é aberta ao público em geral e ofertará 300 vagas (Foca Lisboa/UFMG)

Da UFMG

A UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) abriu inscrições para o curso de extensão “Emoções e Regulação Emocional: questões filosóficas e psicológicas”, por meio da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (Fafich) e do Centro de Apoio à Educação a Distância (Caed).

Online e gratuita, a formação é aberta ao público em geral e ofertará 300 vagas, preenchidas por ordem de inscrição. Os interessados devem se inscrever pelo formulário eletrônico disponível aqui, a partir desta quarta-feira, (11), às 17h da sexta-feira (13).

O curso, ministrado entre 13 de outubro e 22 de dezembro, será autoinstrucional, sem acompanhamento de um tutor. Os inscritos com aproveitamento de pelo menos 60% nas tarefas propostas receberão certificado emitido pelo Centro de Extensão da Fafich. Não é necessário conhecimento prévio para acompanhar as lições, mas o aluno deve estar familiarizado a textos e vídeos de divulgação científica.  

Sentir e compreender

As aulas têm caráter introdutório e abordarão algumas das principais questões sobre emoções: suas definições, as teorias filosóficas e psicológicas que as explicam, suas relações com a ética e com a moralidade e a distinção entre razão e emoção. O modo como as emoções afetam o nosso comportamento e técnicas para lidar com elas, como meditação e o uso de diários, também serão tratados.

Ofertado pelo departamento de Filosofia em parceria com o Caed, o curso da UFMG foi idealizado por Felipe Nogueira de Carvalho, que cursa pós-doutorado, sob a coordenação do professor Ernesto Perini, motivado por suas preocupações com o impacto da pandemia de Covid-19 sobre a saúde mental da população.

“Como já pesquisava filosofia e psicologia das emoções, passei a articular essa pesquisa com a prática da regulação emocional, e foi quando tive a ideia de compartilhar essas ferramentas teóricas e práticas com o público acadêmico e não acadêmico”, comenta o pesquisador.

Para mais informações, entre em contato pelo e-mail cursoemocoesufmg@gmail.com.

Comentários