Bolsonaro diz que ‘chora sozinho no banheiro’ e Michelle nunca viu: ‘Acha que sou o machão dos machões’

bolsonaro evento igreja evangelica
Desabafo de Bolsonaro aconteceu em evento de igreja evangélica, em Brasília (Reprodução/TV Brasil/YouTube)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) desabafou durante um evento organizado pela igreja evangélica Comunidade das Nações, em Brasília (DF), na noite dessa quinta-feira (14). O chefe do Executivo disse que chora sozinho no banheiro de casa, no Palácio da Alvorada, e que a primeira-dama Michelle Bolsonaro nunca presenciou os momentos.

“Cada vez mais nós sabemos o que devemos fazer. Para onde devemos direcionar as nossas forças. Quantas vezes eu choro no banheiro em casa? Minha esposa [Michelle Bolsonaro] nunca viu. Ela acha que eu sou o machão dos machões. Em parte acho que ela tem razão até”, declarou Bolsonaro.

“O que me faz agir dessa maneira? Eu não sou mais um deputado. Se ele errar um voto, pode não influenciar em nada. Um voto em 513. Mas uma decisão minha mal tomada, muita gente sofre. Mexe na bolsa, no dólar, no preço do combustível”, afirmou.

Assista o momento:

Bolsonaro decide não se vacinar contra Covid

O chefe do Executivo afirmou, nessa terça-feira (12), que não tomará a vacina contra a Covid-19. O político já havia dito, em algumas oportunidades, que tomaria o imunizante após todos os brasileiros se vacinarem. A declaração foi feita durante entrevista à rádio Jovem Pan.

“Eu decidi não tomar mais a vacina. Eu estou vendo novos estudos, a minha imunização está lá em cima, para que vou tomar a vacina? Seria a mesma coisa que você jogar R$ 10 na loteria para ganhar R$ 2. Não tem cabimento isso”, disse em entrevista ao programa “Os Pingos Nos Is”.

“Para mim a liberdade acima de tudo. Se o cidadão não quer tomar a vacina, é um direito dele e ponto final”, completou. Em outras ocasiões, Bolsonaro disse que se vacinaria, mas apenas depois que toda a população já estivesse imunizada.

Vitor Fernandes
Vitor Fernandesvitor.fernandes@bhaz.com.br

Editor e repórter do BHAZ desde fevereiro de 2017. Jornalista graduado pela PUC Minas, com experiência em redações de veículos de comunicação. Trabalhou na gestão de redes do interior da Rede Minas e na parte esportiva do Portal UOL. Com reportagens vencedoras nos prêmios CDL (2018, 2019 e 2020), Sindibel (2019), Sebrae (2021) e Claudio Weber Abramo de Jornalismo de Dados (2021).

Comentários